Nova Ministra “Gold”?

Ministra Adm Interna

Muitos poderão não acreditar mas assumo (ou se preferirem confesso) que antes do Nuno Crato aceitar integrar o actual governo, tinha alguma consideração por este (como divulgador de Ciência). No entanto lembro-me de, após o anúncio de que Nuno Crato seria Ministro da Educação, ter dito a várias pessoas (nomeadamente a muitos professores com ilusões num eventual bom trabalho deste no Ministério da Educação) que qualquer pessoa que aceitasse integrar um governo com estas características não poderia fazer bom trabalho a serviço da maioria das populações. Certo ou errado, com o mesmo raciocínio (agora fundamentado com três anos de brutais roubos ao nosso povo) é assim que eu vejo a nova Ministra da Administração Interna (após a demissão “Gold” do Miguel Macedo). Não questiono o valor académico desta nova Ministra Anabela Rodrigues no entanto o facto de ter aceite um lugar destacado neste governo não abona a seu favor.

Um governo que tem aumentado a miséria e as diferenças sociais (demonstrando que a riqueza no nosso país existe, esta é cada vez mais mal distribuída); um governo que tem usado e abusado da mentira (mesmo antes de ser governo, mentiu descaradamente com promessas eleitorais e continuou a usar a mentira após ter começado a governação); um governo fora da lei (proibição de reuniões sindicais em locais de trabalho, funcionários públicos que após 3 anos consecutivos de contratos continuam sem vínculo, etc); governo violento (além da brutal violência que representa a fome, a forte violência policial sobre civis como aconteceu a 14 de Novembro de 2012, etc), governo liderado por um primeiro e vice primeiro ministro associados a Tecnoformas e submarinos inconvenientes, etc, etc…

Quem aceita entrar para um governo destes demonstra claramente no que acredita e para o que vai… e como se viu nos últimos anos, não será certamente bom para o nosso Povo mas excelente para quem tem muito “Gold”.

 André Pestana

p.s. Foto de João Relvas (LUSA).

Advertisements
Esta entrada foi publicada em 5dias. ligação permanente.

8 respostas a Nova Ministra “Gold”?

  1. llopes49 diz:

    E eu que pouco sei,concordo com o André Pestana. Gostei muito de …..para quem tem muiton “Gold”.

  2. Dezperado diz:

    André

    Primeiro deixe a senhora tomar posse, depois começar a trabalhar, para assim poder vir falar mal.

    Lembre-se que agora “carrega” este blog sozinho, que em tempos era um dos melhores blogs esquerdistas. Mas este blog é demonstrativo da “uniao de esquerda” que tantos apregoavam. A esquerda nem dentro da esquerda se consegue unir!

    • pestanandre diz:

      Caro Dezperado, apenas constato que esta “senhora” aceitou fazer parte (em lugar de destaque) desta equipa governamental que na minha perspectiva (certa ou errada) essencialmente tem servido os ricos e poderosos em prejuízo da maioria da população e dos serviços públicos. É claro que para quem defende ou tem ilusões neste governo, esta senhora é uma aliada.. espero que não seja o seu caso.

      • Quem vai para um governo fascista, só pode ser fascista. A conclusão do André é acertada, a mulher sabe para onde vai e que políticas vai defender. E este blogue foi abaixo por outros motivos. Nada têm que ver com o mostrar de que massa são os substitutos de governantes…

  3. TIMTIM diz:

    Agora é que é.Submarinos,Tecnoforma, BPP’s,BPN’s,que se cuidem!

  4. X diz:

    (demonstrando que a riqueza no nosso país existe, esta é cada vez mais mal distribuída)

    correcção: a pouca riqueza gerada no nosso país é cada vez mais mal distribuída.

  5. joao carlos diz:

    então, nem um postezito sobre o golden boy socialista ?

  6. João diz:

    Pela produção diária de candidatos a cadastrados políticos, a justiça esta a demonstrar ser uma empresa com elevada produtividade. A manter estes níveis de produtividade prevejo a identificação e a constituição de arguidos suficientes à limpeza das listas partidárias do pessoal indesejável até ao fim desta legislatura. (isto se guardarem para fim a prata da casa).

Os comentários estão fechados.