Boicote&Cerco presente na Marcha até S. Bento!

2014-02-27 20.19.12

O Movimento de Professores Boicote&Cerco no dia 27 de Fevereiro esteve presente na Marcha do Ministério da Educação até S. Bento (protesto convocado pela CGTP e SPGL). Foram algumas dezenas de professores, estudantes e pessoas de outros sectores profissionais que constituíram a coluna do Boicote&Cerco, uma das colunas mais animadas de toda a Marcha. E distribuiu-se o seguinte comunicado do Movimento de Professores Boicote&Cerco:

  • BASTA      DE MILHÕES PARA OS COLÉGIOS!
  • MENOS      ALUNOS POR TURMA!
  • VINCULAÇÃO  DOS CONTRATADOS COM 3 ANOS DE SERVIÇO!
  • REVOGAÇÃO      DEFINITIVA DA PACC!

Somos um novo movimento de professores em construção, formado pelos grupos Boicote&Cerco que organizaram o boicote à PACC no dia 18 de dezembro e que, unidos com os professores vigilantes em greve, obrigaram à suspensão da famigerada prova, obtendo assim um importante recuo do MEC. A partir desta experiência constatámos que, para travar a ofensiva do ministro Crato contra a Escola pública e os direitos dos professores, fazem falta lutas mais consequentes e fortes (do que os habituais protestos cíclicos implementados pelas direções sindicais), faz falta alargar a organização e participação de base dos professores, faz falta um funcionamento nas lutas que seja verdadeiramente democrático e que dê voz a todos os professores, e não só aos dirigentes sindicais.

Provámos que é possível vencer com a unidade e mobilização de todos, efetivos e contratados, aposentados e desempregados, e que este ministro/governo não estão de pedra e cal.  

Uma política “educativa” de privatização e precariedade 

No passado dia 1 de fevereiro juntámo-nos num Encontro nacional 70 professores vindos de 12 cidades do país, de norte a sul, para perspetivar a continuidade da luta. Não podemos deixar de estar alerta, porque nem a PACC está definitivamente derrotada, nem cessaram os ataques à Escola pública. A política de Nuno Crato de privatização do ensino continua de forma acentuada, nomeadamente pela via dos cada vez mais “generosos”  apoios públicos aos colégios privados – ao passo que as escolas públicas são desorçamentadas e as condições de ensino-aprendizagem se degradam todos os dias. Uma medida  tão simples como a redução do número de alunos por turma, que permitiria criar mais emprego docente e em simultâneo melhorar a qualidade do ensino-aprendizagem, está completamente fora das perspetivas dum governo submetido aos ditames da troika, o mesmo é dizer dos banqueiros e especuladores.

Ao contrário, prosseguem as medidas que visam acentuar a precariedade e o desemprego nos professores, apesar dos falaciosos anúncios de uma próxima “vinculação extraordinária” de professores contratados (mais informações na nossa página do Facebook, indicada no final).

Preparar a mobilização nacional em defesa da Escola pública

A dimensão do ataque ao ensino público e a todos os seus trabalhadores, incluindo os funcionários que tanta falta fazem às escolas – trabalhadores com salários baixíssimos e que agora são alvo de mobilidade/despedimento – ou os psicólogos que tanta falta fazem aos alunos e que, quando existem, são ultra-precários, exige de toda a sociedade que comece a organizar de forma democrática a resposta a esta política que tudo destrói, a começar pelo futuro dos nossos filhos e alunos. Está provado que Crato só recua perante mobilizações muito fortes e continuadas e com uma elevada participação e controlo democrático da luta. Foi assim com a greve dos professores às avaliações de junho de 2013, foi assim com o boicote/greve à PACC.

O movimento Boicote&Cerco quer contribuir para esta mobilização e para uma inédita Manifestação Nacional de toda a sociedade em defesa da Escola Pública (proposta aprovada a 1 de fevereiro no nosso Encontro nacional).

UM POR TODOS E TODOS POR UM!

 boicote.cerco@gmail.com

https://www.facebook.com/groups/464249357012999/

Esta entrada foi publicada em 5dias. ligação permanente.

2 respostas a Boicote&Cerco presente na Marcha até S. Bento!

  1. JgMenos diz:

    Estou farto de aturar uma corporação que só se mobiliza quando lhe mexem na bolsa!
    Para tudo o mais sempre acomodam quanto lixo minesterial desaba sobre a escola pública e vivem um dia-a-dia de submissão burocrática a toda a treta que tenha rótulo de progresso!
    Cambada de pequeno-burgueses treteiros!

Os comentários estão fechados.