A direita sociopata

Quando me refiro a este governo por várias vezes o qualifiquei de sociopata. Não é um exagero ou uma metáfora. Basta olhar para o seu núcleo duro ideológico, os jovens talibãs do triângulo Católica-Blogs-PSD/Passos. Por exemplo, o André Azevedo Alves integra o conselho científico do Instituto de Estudos Políticos da Católica, faz parte do Conselho Nacional de Ciência e Tecnologia criado por este governo e é também um blogger. Os seus posts  são elucidativos, é contra o aumento do salário mínimo, defende o abominável césar das neves, é contra a escola pública, critica o papa Francisco, ataca os sindicatos e tudo o que mexe à Esquerda ….

AYN RAND

Ora um dos blog viveiro de muitos fariseus ao serviço deste governo, caso do exemplo dado acima, tem como referência ideológica uma viciada em anfetaminas que dá pelo nome de Ayn Rand (aquiaquiaqui e aqui).  Um dos livros dessa personagem é intitulado “As virtudes do egoísmo“. Tinha uma especial admiração por um psicopata que matou e desmembrou uma criança.  Porquê? Porque para ela a atitude desse psicopata perante os outros e a sociedade é um modelo, é um exemplo a seguir, no regard whatsoever for all that society holds sacred, and with a consciousness all his own. He has the true, innate psychology of a Superman. He can never realize and feel ‘other people.’  Qualquer acção política que se baseie em princípios como a solidariedade ou a fraternidade deve ser ferozmente combatida (este texto da fascista-matos é um exemplo deste tipo de pensamento). A sua filosofia é uma espécie de ultra-Nietchianismo na sua versão mais tenebrosa. Aos “Übermensch” tudo é permitido e devido. Qualquer obstáculo aos seus desejos, por mais depravados que sejam, é um atentado à sua liberdade. Quanto aos “Untermensch“, esses não valem nada, só têm é de se vergar, obedecer e ai deles se exigirem alguma coisa!

Estas teses são um dos pilares teóricos do núcleo duro ideológico de Passos-Portas (e também do tea party).

A actual direcção do PSD é mais próxima de um Tea Party à portuguesa, burocrático, sem apoio popular, “europeísta” e desligado da comunidade orgânica dos portugueses, que despreza o primado da “pessoa”, a “dignidade do trabalho” e a “justiça social”(…). Feita de admiradores de Sarah Palin, de gente que quando vai à Grécia vem de lá apodado de “alemão”, de entusiastas do efeito revolucionário do programa da troika e do FMI para pôr em ordem os “piegas”, punir a classe média “que vive acima das suas possibilidades”, colocar os pobres naquilo que eles merecem, uma “assistência aos desvalidos”, oferecer às empresas estrangeiras um país de baixos salários, e falar todos os dias, como se fosse a coisa mais natural do mundo, de despedimentos, cortes de pensões e reformas (desculpem, “poupanças”), como a quinta-essência da acção política. Ainda por cima sorrindo, com empáfia e descaramento, porque estão a fazer uma “revolução” e a “salvar o país”. (daqui)

ayn-rand-quote

Ora bem, essa é mesmo a questão. Esta gente deixada “à solta” vai apropriar-se de tudo quanto conseguir, vai explorar o povo o máximo que conseguir. Não se vão limitar por nenhum princípio moral, ou melhor, o seu princípio moral basilar é mesmo que devem roubar e escravizar os outros o mais possível. Só irão parar quando forem travados.

Anúncios
Esta entrada foi publicada em 5dias. ligação permanente.

27 respostas a A direita sociopata

  1. Vai com os porrcos diz:

    Travados e, devidamente julgados . E, com a aplicação extraordinária da pena capital , para terroristas!Para crimes odiosos, o devido peso da Justiça,sem dó nem piedade

  2. Sofia diz:

    É sabido que a blogosfera abre espaço à atitude tasqueira que, com o pretexto da informalidade que está aqui só para dar umas pinceladas intelectualóides ligeiras, consegue sustentar-se ao longo do tempo à base de coscuvilhices, aldrabices, ataques ad hominem, saltos conclusivos infundados e resumos de literatura grotescos a confiar na segurança de ter somente um público de iletrados. Mas esta pá de bosta é um arrojado exercício que combina a comum tentativa de caricaturar autores que nunca se leram, com o vergonhoso esforço de descredibilizar um académico com inúmeras provas dadas do seu rigor, profissionalismo, inteligência e humildade. O mais ofensivo nisto tudo é associarem o André Azevedo Alves a uma conspiração qualquer que inclui PSD.

    • Francisco diz:

      ATÉ GUINCHAM!!! Para esta escumalha ganir basta expôr a nú aquilo que é e que defende. Quanto à pobre vítima André Azevedo Alves basta ler os posts que publica… mais de metade são ataques ad hominem, ao Daniel Oliveira, ao Mário Nogueira, à Raquel Varela ao Rui Tavares, a tudo o que mexe minimamente à Esquerda. Mas assim que se menciona o seu nome “ai coitadinho do menino”. Poix bem, esta corja vai pagar pela destruição que causou ao país e ao povo. E digo-te mais Sofia, se calhar nem vai ser a “extrema esquerda radical renascida”, se calhar até vai ser por gente bem mais próxima… Porque se é verdade que muitos destes lacaios da classe dominante são cobertos de prebendas, é mais verdade ainda que quando a coisa começa a fiar fino quem verdadeiramente manda não hesita em atirá-los borda fora, esta escória esquece-se sempre que ROMA NÃO PAGA A TRAIDORES.

      • Sofia diz:

        Não digo mais nada porque é uma perda de tempo consigo (com este blog em geral). Basta ver a irritação com que responde. Como se as suas postas conseguissem fazer alguém “guinchar.” Acha-se demasiado importante. 🙂
        Toquei-lhe na ferida. Boas festas!

        • Francisco diz:

          Olha Sofia vou citar um texto que sei que conhece. Devia reflectir nesta quadra sobre estes versículos.

          “Ai de vós, doutores da Lei e fariseus hipócritas, porque sois semelhantes a sepulcros caiados: formosos por fora, mas, por dentro, cheios de ossos de mortos e de toda a espécie de imundície! Assim também vós: por fora pareceis justos aos olhos dos outros, mas por dentro estais cheios de hipocrisia e de iniquidade. Ai de vós, doutores da Lei e fariseus hipócritas, que edificais sepulcros aos profetas e adornais os túmulos dos justos, dizendo: ‘Se tivéssemos vivido no tempo dos nossos pais, não teríamos sido seus cúmplices no sangue dos profetas!’ Deste modo, confessais que sois filhos dos que assassinaram os profetas. Acabai, então, de encher a medida dos vossos pais! Serpentes! Raça de víboras! Como podereis fugir à condenação da Geena?
          Por causa disto, envio-vos profetas, sábios e doutores da Lei. Matareis e crucificareis alguns deles, açoitareis outros nas vossas sinagogas e haveis de persegui-los, de cidade em cidade. Assim cairá sobre vós todo o sangue inocente que tem sido derramado sobre a terra, desde o sangue do justo Abel até ao sangue de Zacarias, filho de Baraquias, que matastes entre o santuário e o altar. Em verdade vos digo: TUDO ISTO CAIRÁ SOBRE ESTA GERAÇÃO!»
          Mateus 23, 27-36

          • Dezperado diz:

            “ATÉ GUINCHAM!!! Para esta escumalha ganir basta expôr a nú aquilo que é e que defende.

            Ui que ja ninguem vai dormir devido ao incomodo que este post mostra….

        • De diz:

          No alvo.
          Uma putativa virgem pretensamente ofendida.
          🙂
          Os qualificativos atribuídos à “bosta” ( o termo é da dona sofia,registe-se) são uma amsotra de humor negro ou de desfaçatez cúmplice

          Este último comentário de dona sofia é apenas a confirmação que os guinchos por vezes fazem-se passar por “boas festas”
          A hipocrisia tem destas coisas.E o perfume que emana é rasca

    • De diz:

      Lixo.Ou outra forma de dizer “até guincham”
      A dona sofia tomada de amores por um pequeno crápula,um tal de alves, por sua vez tomado de amores por um canalha de nome césar das neves.indigna-se quando chamam os nomes aos bois.
      E eis que, numa atitude tasqueira de dondoca ofendida, vem mostrar aqui umas pinceladadas grotescas de virgem ofendida, investindo briosamente na defesa do tal crápula e pintando-o como se de coisa inteligente se tratasse, possuisse algum rigor, ou mostrasse o mínimo de humildade.
      O tasqueiro alves que escreve numa tasca mal afamada de onde saem os habituais vómitos sebentos e viscosos a cheirar aos trogloditas do psd/pp está acostumado a obedecer às ordens ditadas em alemão. Tradu-las depois de acordo com o breviário à césar das neves e com o ódio patibular que estas coisas têm de tudo o que seja humano.
      O tal alves tem no entanto uma “qualidade” definida aqui pela dona sofia:É o seu profissionalismo ao serviço de uma ideologia sinistra.Ao serviço de um verdadeiro projecto terrorista,Ao serviço do mais feroz neoliberalismo extremista e excremental.

      É desta massa que sairam os komandantur de outras épocas, os facínoras que envergaram as camisas castanhas,, os Kappos briosos defensores da pureza da raça e do desprezo pela vida humana.

      São coisas como esta que não hesitariam em repetir o gesto se lhes dessem oportunidade para tal.

    • Pelo menos é mais importante que uma gaja que tem orgulho em ser cúmplice de um governo nazifascista. Pobre criatura que és, que apoia um governo que com a sua política é responsável por matar muita gente, e por na penúria outros tantos. Você é ridícula, e devia-se encher de vergonha. Mas os seus ideais estão bem definidos, só não tem é coragem de usar a suástica e esticar o braço e dizer heil hitler, ou viva salazar. Tenho pena de si, vá vá pire-se, vá-se curar.

  3. Buenaventura Durruti diz:

    Não percebo a referência a Nietzsche…completamente despropositada…ou então fruto de uma tremenda ignorância…

  4. Nuno Cardoso da Silva diz:

    Não sei se alguma vez conseguirei estar mais de acordo com o Francisco. Admito que se seja honestamente conservador ou tradicionalista. Mas a direita ideológica é uma cloaca cujo fedor é mortal. Tem que ser combatida com todas as nossas forças, esconda-se ela onde se esconder.

  5. Francisco, permite-me uma observação: a sociopatia da direita está-lhe no sangue, e a sangria é um processo terapêutico antigo e, neste caso, útil. mas os valores da direita fascista à Azevedo, Coelho e Matos, não têm matriz estética, ela, a direita, não tem relações com a arte, com a mais ou com a menos “perigosa”. Rand é uma escritora problemática, certo, mas é apenas uma snob muito aquém do nosso Conde de Lautréamont. o tal dos “Cantos de Maldoror”, musa dos surrealistas e da sua revolução. Por outro lado, eu não criticaria ninguém por ser viciado em anfetaminas. Que ela seja viciada no que quiser, sempre fui favorável à liberalização de todas as drogas, leves e pesadas. Hitler gostava de Wagner (e há quem diga que não, que o louco gostava mais de operetas baratas, o que me parece verdade). A direita quer destruir o mundo, como o fez o nazismo, e hoje direita e nazismo são sinónimos, são as suas matrizes económicas e socias que temos de destruir. Agora, para já, deixemos Wagner, Rand, Sade (os seus rituais não eram para brincar!), o anti-semita Céline (puro génio), Lautréamont, etc., em paz. Façamos todas as relações, mas não pensemos que a direita tem cultura. Não tem nenhuma!

    • vocês e a mania de colar o nacional socialismo à direita. custa-vos bastante admitir que aquilo era uma face do socialismo.

      • Francisco diz:

        O quê??? Santa ignorância, ou melhor total má fé!!! Basta ver quem no parlamento alemão deu o poder a Hitler, foi toda a direita incluindo a “respeitável”, contra estiveram os sociais democratas, os comunistas não se opuseram no Parlamento porque nessa altura já tinha sido todos presos. O PC Alemão foi a primeira vítima dos Nazis. E depois este gajo vem para aqui dizer uma barda destas… é muita ignorância e má fé.

        Quem votou a lei de “concessão de plenos poderes” a Hitler

        A favor:
        Partido Nacional-Socialista dos Trabalhadores Alemães (Nazis)
        Partido do Centro (católico; embora tenha sido recriado após 1945, grande parte dos seus antigos militantes foi para a CDU)
        Partido Nacional Popular Alemão (conservador; o partido tradicional da aristocracia prussiana)
        Partido Popular Bávaro (católico conservador e regionalista, antepassado da CSU)
        Partido do Estado Alemão (uma mistura de liberais de esquerda e de fascistas; um dos antepassados do FDP)
        Serviço Popular Social Cristão (conservador protestante)
        Partido Agrário Alemão
        Partido Popular Alemão (liberal de direita, um dos antepessados do FDP)
        Liga Agrária (latifundiários)
        Contra:
        Partido Social-Democrata
        Partido Comunista (tecnicamente, não votou contra porque os deputados estavam todos presos)

        Lopes mais um lacaio ignorante, cheio de má fé e desonesto ao serviço dos exploradores. Diz isto mas este Lopes e outros, tal como os seus predecessores, é que serão a linha da frente de apoio aos Nazis.

        • Carlos Carapeto diz:

          Foi precisamente assim.

          E quem tiver duvidas leia de Kurt Gossweiler ” Hitler Ascenção Irresistivel”

          “Emanuel Lopes
          vocês e a mania de colar o nacional socialismo à direita. custa-vos bastante admitir que aquilo era uma face do socialismo”.

          Isso mesmo. Emil Kirdorf um dos maiores patrocionadores financeiros do NSDAP e grande promotor de Hitler era socialista?
          Nem sequer se identificava com o grande patronato!

          Branco mais branco não há, é esse o produto que o Lopes pretende vender?

          Não se esforce tanto a tentar branquear o nazismo, porque outros com mais estofo também já o tentaram fazer e o melhor que conseguiram foi desenterrar mais imundicie.

        • Liberais de esquerda e estar de braços dados com os nazis, é algo que não faz muito sentido.

        • O PC Alemão foi afastado porque era necessário os Nazis afastarem a concorrência

    • a direita para estar de braços dados com o nazismo, não pode ser considerada direita, se são extremistas.

  6. maria diz:

    só uma questão?
    como e quando os vamos por a andar daqui para fora?!?!?!?
    BOM ANO NOVO DE LUTAS VELHAS!!

  7. Pois, não é por mal... diz:

    “Se vocês querem continuar a ser escravos dos banqueiros e pagar o custo de sua própria escravidão, então deixe os banqueiros continuarem a criar dinheiro e controla o crédito.” – Sir Josiah Stamp.

    “Permita-me emitir e controlar o dinheiro de uma nação, e eu não me importo com quem faz suas leis.” – Meyer Amschel Rothschild.

  8. Pois, não é por mal... diz:

    Olha a bolinha… Corre, para, não penses… 🙂
    POLITICA=CAIXAS DE BANCOS, mas com palavras, e crédito “ZERO” para quem conhece o jogo… 🙂

  9. É por causa do povo não ser sociopata que eles, os sociopatas, mantêm os seus vassalos tão bem comportadinhos… Se o povo soubesse ser sociopata como eles, não haveriam sociopatas no poder, pois não haveria a vassalagem necessária a esse poder!

  10. Pingback: 2013, um ano de luta social em análise | cinco dias

  11. Jorge Mattos diz:

    Conheci na Faculdade de Direito de Lisboa, uma Sofia de seu apelido Galvão.Dizia-se que tinha boas notas.Já era militante do PSD na altura, embora procurasse ocultar isso habilidosamente de todos.Era já monitora, mas as suas aulas eram uma seca.Porque simplestemente não sabia dar aulas.Era arrogante, prepotente, escarnecedora q.b. e dada a favoritismos pessoais.Uma verdadeira sociopata em potencial.Pertencia à “entourage” de lambe-botas e favoritos de Marcelo Rebelo de Sousa.Todavia, a falta de nível das suas “aulas”, que eram simples exercícios de aulas, levou-a a ser substituída e afastada temporariamente das mesmas.Isto não a impediu de prosseguir a sua carreira académica.Faz hoje parte da Comissão Pulhítica do PSD.

  12. Pingback: Bernardo Loubet da Nóbrega: Adivinhem em que Universidade estudou… – Aventar

  13. Pingback: Ayn Rand, ou o neo-nazismo revisitado – Aventar

Os comentários estão fechados.