I beg you pardon?!?

Depois de perguntar foi preso, uma vez preso e imobilizado foi electrocutado com uma taser, e depois de tudo isto sabe-se lá o que aconteceu ao jovem. Assim vai a democracia dos EUA, com as pernas bambas com uma simples pergunta.

Anúncios
Esta entrada foi publicada em 5dias. ligação permanente.

10 respostas a I beg you pardon?!?

  1. gringosout diz:

    Não é democracia. É Ditadura , pura e dura!Com prisões onde pratica a tortura medieval

  2. JgMenos diz:

    O ‘sabe-se lá o que aconteceu ao jovem’ é tão só aquela parte que distingue os sistemas políticos: no vídeo ao lado está o dito cujo com o pai, a mãe e o advogado a serem entrevistados numa televisão ‘nation wide’!

    • Renato diz:

      Vá dizer isso ao soldado Manning.

      • JgMenos diz:

        O soldado Manning sabe.se bem o que lhe destinam pela sua inconfidência ( Falta de lealdade, infidelidade, conjuração, abuso de confiança, revelação de segredo confiado).

        • Renato diz:

          Não vejo grandes diferenças entre os EUA e a Coreia do Norte na forma como tratam os alegados “traidores da pátria”. Mas cada um plasma-se onde bem entende.

          • JgMenos diz:

            Eu ‘plasmo-me’ na inconfidência.
            A traição à Pátria pressupõe um inimigo, a inconfidência basta-se a si mesma.

  3. LGF Lizard diz:

    “depois de tudo isto sabe-se lá o que aconteceu ao jovem”
    As of April 2011, Meyer attends the Florida International University College of Law.[3] Meyer registered “Don’t tase me, bro” as a trademark in September 2007 and uses the publicity to sell t-shirts on his website.[3][11] Meyer wrote a book titled Don’t Tase Me Bro! Defending Life, Liberty, and the Pursuit of Happiness, but he had not found a publisher as of April 2011.

    Nas democracias defendidas pelo Renato e demais colegas do 5 Dias, o jovem teria apanhado 25 anos de trabalhos forçados no GULAG ou levado um balázio. Se fosse na amada e democrática Coreia do Norte, a família teria também ganho um bilhete de ida para os “campos de reeducação”.

    Nos selvagens e ditatoriais EUA, o tipo está vivinho da silva e ainda ganha uns cobres à conta deste incidente.

Os comentários estão fechados.