Troika regressa com intenção de baixar (ainda mais) salários do sector privado

Amanhã regressa a Troika e pelo que dizem, Os credores internacionais querem mais reduções salariais no sector privado e diminuição do salário mínimo para jovens ou para os primeiros anos de contrato, isto num momento em que já é sabido que quem perde o emprego, vai ganhar metade ou um terço quando volta ao mercado de trabalho. Esta política da Troika não é de agora, há muito que essa é a estratégia enunciada e tem vindo a ser aplicada com um sucesso devastador. Um dos instrumentos utilizados para forçar a descida dos salários no privado é a de descer os salário dos funcionários públicos, isto mesmo é publicamente admitido pela troika.

Este governo de inimigos do povo e vende pátrias tem utilizado muito a estratégia de por o “nu contra o roto”. Trabalhadores do privado contra o público. Dizem que só despedindo, cortando salários e humilhando os trabalhadores do sector público é que os do privado poderão ter algum alívio. Mentira! A verdade revelada pelos seus mestres é que ao cortar salários e ao aumentar horários sem pagar no público (reduzindo o salário por hora) está-se a induzir uma pressão para também o sector privado baixar salários. Isto para não falar nos efeitos produzidos pela contracção da procura interna e aumento do desemprego… A verdade é que a política de redução salarial é um eixo estratégico deste governo e da troika, quer para trabalhadores do público, quer privados. Isto não é uma opinião, é um facto revelado em todas as estatísticas. Devido ao efeito de substituição de colaboradores contratados com níveis salariais mais baixos para as mesmas funções, verifica-se, pelo segundo ano consecutivo, uma redução real dos salários em todos os grupos funcionais.

A continuação no poder da comissão liquidatária que está no governo deste país só conduzirá a mais miséria para o povo, crianças com fome e fortunas para os amigalhaços dos grandes grupos económicos. Quem não percebe isto ou anda muito mal informado ou é lacaio desta gente.

espartacorevolta

Anúncios
Esta entrada foi publicada em 5dias. ligação permanente.