Como vai esse reumático, senhor ministro?

O ministro da Defesa disse hoje que “as Forças Armadas sabem muito bem qual é o seu papel”, afirmando-se “tranquilo” face a apelos para que os militares se juntem aos protestos de descontentamento das políticas de austeridade.

“Eu tenho a certeza que as Forças Armadas sabem muito bem qual é o seu papel na lógica constitucional e em democracia. Têm demonstrado um grande sentido de serviço público e de patriotismo nesta hora difícil que temos atravessado no programa de ajustamento”, declarou José Pedro Aguiar-Branco.

(hoje, no i).

Anúncios
Esta entrada foi publicada em 5dias. ligação permanente.

Uma resposta a Como vai esse reumático, senhor ministro?

  1. Nuno Cardoso da Silva diz:

    Tem o ministro razão. Desde que o exército de cidadãos se transformou num exército mercenário, tipo Guarda Pretoriana do regime, que o risco das forças armadas se colocarem do lado do povo contra a oligarquia é deveras diminuto. Por isso devíamos insistir pelo regresso do SMO, única maneira de garantir que as forças armadas se não virem nunca contra o povo do seio do qual saem os soldados. A defesa da comunidade é uma tarefa que compete a todos e não a um corpo de mercenários.

Os comentários estão fechados.