Desmentido em nome da Revista Rubra

Como diretora da Revista Rubra, de que fazem parte algumas dezenas de pessoas, e que tem uma coluna de opinião de vários investigadores e personalidades públicas, venho declarar publicamente que nunca em momento algum o coletivo Revista Rubra se associou aos post do Renato Teixeira sobre Álvaro Cunhal. Mais, eu que sou diretora da Revista, fiz um post público onde condenava tais métodos de debate- o uso de termos caluniosos para a discussão histórica e política -, da mesma forma que condeno este post do Tiago Mota Saraiva que recorre exatamente ao mesmo método. A Revista Rubra é um espaço de liberdade de pensamento onde os seus membros não estão proibidos de expressar publicamente a sua opinião individual sobre determinado tema mas esta expressão pública de opinião em nada vincula todas as outras pessoas, trabalhadores, investigadores, sindicalistas, membros de comissões de trabalhadores, jornalistas, estudantes, que, de forma totalmente voluntária, fazem uma revista e pertencem a um coletivo que se tem pautado pela excelência dos conteúdos, a qualidade das discussões políticas e o debate aberto.  A Rubra será sempre um espaço de liberdade, justiça, igualdade e o seu coletivo não se envolve neste tipo de discussões que consideramos totalmente desnecessárias.

Anúncios
Esta entrada foi publicada em 5dias. ligação permanente.

2 respostas a Desmentido em nome da Revista Rubra

  1. Tiago Mota Saraiva diz:

    Raquel, não me lembro nada disto:
    “venho declarar publicamente que nunca em momento algum o coletivo Revista Rubra se associou aos post do Renato Teixeira sobre Álvaro Cunhal. Mais, eu que sou diretora da Revista, fiz um post público onde condenava tais métodos de debate”

    A Rubra anda muito sensível com o meu esquerdismo e nunca consigo perceber bem onde é que eu calunio.

  2. L Meireles diz:

    já não se pode dizer «rubra»? Egocentrismo…

Os comentários estão fechados.