Mais 20 milhões para os amigos dos colégios

Enquanto os nossos colegas do 5 Dias se entretêm com questões secundárias, o ministério de Nuno Crato vai levando a cabo o seu trabalho de sapa de destruição da Escola Pública.
O passo decisivo está dado e chama-se cheque-ensino. No próximo ano lectivo, num momento em que há cortes em todos os sectores, em nome do emagrecimento do Estado, aí vão mais 20 milhões de euros para os amigos dos colégios.
Alunos que já estão na Escola Pública e que aí continuariam sem custos acrescidos para o Estado são desviados para que o dinheiro vá parar directamente às mãos dos amigos do Governo. Não se sabe com que critérios, mas também não interessa. O que interessa é que o dinheiro vá parar aos bolsos dos mesmos de sempre. Aqueles para quem as crises são sempre excelentes oportunidades de negócio. Aqueles a quem a crise nunca chega.
O Governo mais liberal de sempre entende que determinadas empresas privadas devem subsistir com a ajuda do Estado. O pretexto é o mesmo de sempre, a liberdade de escolha. Mas a liberdade de escolha de quem? Só se for a dos colégios, que vão continuar a escolher os alunos que muito bem entendem. Obviamente, escolherão apenas os que têm melhores notas e os que não têm problemas de comportamento. Os outros ficam para a Escola Pública.
Quanto a mim, da mesma forma que filha minha nunca entrará num dos maravilhosos Centros Escolares de José Sócrates, embora por razões diferentes, posso garantir que também nunca entrará numa escola privada. Mesmo que depois o Alexandre Homem Cristo venha dizer que eu sou mau pai por não pôr os meus filhos num colégio…

Anúncios

Sobre Ricardo Ferreira Pinto

ricardosantospinto@gmail.com
Esta entrada foi publicada em 5dias. ligação permanente.

6 respostas a Mais 20 milhões para os amigos dos colégios

  1. Dezperado diz:

    “O pretexto é o mesmo de sempre, a liberdade de escolha. Mas a liberdade de escolha de quem? Só se for a dos colégios, que vão continuar a escolher os alunos que muito bem entendem. Obviamente, escolherão apenas os que têm melhores notas e os que não têm problemas de comportamento. Os outros ficam para a Escola Pública.”

    Voce deveria frequentar mais os colegios privados para perceber que o que escreve é mentira.
    Nos colegios privados não ha alunos com problemas de comportamento????? que colegios privados voces conhece???? Drogas , alcool sao problemas que ha e muito nos colegios privados.

    Mas o engraçado é que ha uns dias escreveu num post que os melhores alunos a entrarem na Universidade do Porto, vinham de escolas publicos, hoje diz que as escolas privadas só escolhem os alunos com melhores notas……que estranho.

    • m. diz:

      Eu conheço o Colégio de Sta. Doroteia (Calvanas), privado, por dentro e por fora. Conheço o colégio católico de 1ª de Londres, More House School.
      Já são dois privados. O pacote salarial do meu pai incluía escola, saúde(BUPA), mas os meus foram todos arranjados pelo NHS, Serviço Nacional de Saúde Britânico, reformas (a minha recebe reforma também da Segurança Social), uniformes, livros, viagens a Inglaterra para os seus filhos. Quando a determinada altura fiquei 7 anos interna, cá em Portugal, durante a ditadura fascista. As batas eram pretas, o cinto encarnado, e meias até ao joellha. Gola branca com botões que encaixavam na fardas: tínhamos duas golas.

      Estes colégios ensinaram-se o «Livro de Cortesias». Não sei se é do seu tempo.
      Conheça uma excelente Universidade Pública, ISCTE, que me ensinou sobretudo a saber não fazer silogismos falsos e estatísticas «truncadas».Não sabe fazer contas? Eu sei, aprendi com o meu pai, com a minha mãe e com a minha avó. Aprende-se em casa. A minha avó não tinha a 4ª classe. Falava aportuguesado/britânico/cantonês. Não é preciso ser um crânio. Passe bem. De mim não leva nem mais uma palavra.

      O meu pai fazia o seu Income Tax, pagava que se fartava. Nunca o ouvi queixar-se. Trabalhava numa multinacional destas predadoras do ouro preto. Nunca roubou nada. Corrupção, não entrava. Havia AUDITORIAS que se prezem que é o que falta cá em Portugal, porque de Auditores (predadores) de AGORA banqueiros/predarores/nem toda a classe política, mas cheira-me a quase toda. As que nunca estiveram a governar no nosso País, ando ligeiramente informada.

      Banco BIG com lucros de 85% este ano. Cheira-me a esturro. Bank of China financia REN…

      Homens de bem não lhe deviam apertar a mão a Nuno Crato e a srs. como o Sr. ou do Sr. Homem(?) Cristo(?).

      Muito obrigada por me ter lido.

      Muito bom dia.

      P.S. Não costumo fazer edição de texto. Vai como está.

      • m. diz:

        Os meus dentes foram todos arranjados pela NHS (PÚBLICO britânico), Harley St. era muito caro).

        • m. diz:

          Mais outra correcção, peço desculpa, imensa desculpa. É que me indigna ter de responder desta maneira, numa lógica de verdade contra mentira. Isso não é debate. É ser conivente com fraude. Diria mais, mas não, acho que vou gastar a ponta dos dedos.

          Correcção: A reforma da Segurança Social Britânica, das várias que a minha mãe recebe, que a minha mãe do trabalho assalariado do meu pai que já morreu.

          • m. diz:

            Mais um esclarecimento. Isto hoje está-me a correr «comme si, comme ça». Disse anteriormente: «nem toda a classe política, mas cheira-me a quase toda. As que nunca estiveram a governar no nosso País, ando ligeiramente informada».

            As classes políticas que nunca estiveram a governar o nosso País andaram a roubar à descarada, como é evidente que se passa agora, todos sabemos, (PSD/CDS) e a outra (PS) e que, pelo que tenho vindo a constatar, têm roubado à «tripa forra» mas «à socapa». CONTRA O POVO PORTUGUÊS? Somos um Estado de Direito com JUSTIÇA. Ainda bem bem que temos o TC e CRP . Não ataquem, «por cima do meu cadáver».

            Esqueci-me de dizer. A minha mãe fala e escreve 4 línguas, não tem a 4ª classe, penso quem nem a 1ª classe tem. Não é analfabeta, faz poesia, tocava piano muito bem, pinta aguarelas. Tem TALENTO. Querem agora novamente mudar o ensino do Português. Jakobson, fonologia, Sausurre. Andaram a ler muito mal. Pelo som aprendi tudo o que sei. Fale com os Guardiões das CULTURA TIBETANA, não sei se eles falam consigo, parece-me que eles vão ser muito compassivos consigo.

            TALENTO não é igual a cifrões, estatísticas, não é mensurável. Leu alguma vez a Parábola dos Talentos? Lindíssima.

            O TALENTO IMPLICA RESPONSABILIDADE. Nem toda a gente consegue potenciar o seu TALENTO devido a vários factores sócio/económicos.

            Já disse aqui que sou crente. Li vários textos de dimensão, digamos, «espiritual», uma palavra muito gasta. A religião para mim não é um ópio para carpir as minhas máguas. PECADO retirei do meu léxico. CULPA retirei do meu léxico. Substituí PECADO, por CONSCIÊNCIA , DIMENSÃO AUTOCRÍTICA exigentíssima. CULPA substituí por RESPONSABILIDADE INDIVIDUAL e também CONSCIÊNCIA COLECTIVA. Não toco noutras palavras porque me são demasiado caras.

            Avaliação das escolas: vá lá ver o que se passa na periferia dos centros das cidades, aqui no meu Bairro e na minha rua, muito chique, centro de Lisboa, há pessoas a passar fome e um liceu onde andam as crianças POBRES de quem tanto gostam de explorar TAMBÉM não andam nada bem.. Os Srs irão ser JULGADOS mais tarde ou mais cedo.

            A dimensão atemporal do tempo é um chatisse e uma carga de trabalhos=PURGÁTÓRIO/INFERNO E DIABO. Escatologia é uma maçada, JUÍZO FINAL.

            20 milhões a negócios? Católicos? Pois, parece que há uma questãozinha entre a Igreja Católica em Portugal com o PAPA FRANCISCO. Não querem acatar ordens… Li hoje no jornal. Mais uma vergonha. Católicos,«for goodness sake», não usem esse nome. O Banco da FOME em Portugal. etc, por aí fora, negócios…

      • Dezperado diz:

        “Passe bem. De mim não leva nem mais uma palavra.”

        Mas alguem te pediu a opiniao?

Os comentários estão fechados.