Olhe que sim

(Aqui)

–  Em Portugal corremos o risco de ficar sujeitos às decisões do Deutsche Bank – do banco alemão – manifestando que a ditadura, a palavra é sua…
– Olhe que não, Sr. Dr., olhe que não…

Anúncios
Esta entrada foi publicada em 5dias. ligação permanente.

3 respostas a Olhe que sim

  1. Os factos são mesmo MUITO teimosos…

  2. Surprese diz:

    Giro, ambos tinham razão.

  3. imbondeiro diz:

    Pois é: há derrotados que, na sua teimosa, coerente e lúcida (“avant la lettre”) honestidade intrelectual, acabam por ver a sua fronte ornada com os louros da vitoriosa razão pelo maior de todos os juizes – o Tempo.

Os comentários estão fechados.