BPN

Até agora, o Estado português terá gasto pelo menos 3,4 mil milhões de euros com o BPN, o que supera em 200 milhões de euros o total de corte na despesa pública inscrito no Orçamento do Estado para 2014.

greed or capitalism

Anúncios
Esta entrada foi publicada em 5dias. ligação permanente.

4 respostas a BPN

  1. JgMenos diz:

    Recordo que Cadilhe se propunha tomar conta do Banco requerendo ao Estado algo como um financiamento de +/- 600 milhões.
    Mas Sócrates, esse lídimo varão de esquerda, resolveu nacionalizar semelhante buraco.
    MAIS, o único artigo no Código das Sociedades (35º) que mete directamente na CADEIA os gerentes/ admnistradores que perdem mais de 1/3 do capital sem reunirem credores, continua SUSPENSO desde cedo no pós-25A.
    A esquerda alimenta-se destes escândalos, e faz NADA para moralizar o capitalismo, bem pelo contrário, quanto mais selvagem melhor!

  2. M.Almeida diz:

    Drª Raquel Varela, Falando da nacionalização do BPN, que acho que foi escandalosa, aliás o que se passou com aquele banco foi escandaloso, pergunto porque razão PCP e BE votaram em conjunto com PSD e PS a favor da nacionalização do dito banco (caso de polícia)? Não entendo a vossa indignação quando se verificam que milhões e milhões de euros são pagos hoje pelo contribuinte português pela simples razão que o PS quis nacionalizar, talvez para usar como arma de arremesso contra o PSD em situações futuras quando se falasse de Freeport ou Face Oculta! Porque razão o BE e o PCP não estiveram ao lado do CDS que foi o único que votou contra a nacionalização? Não se podem queixar de nada quando os vossos partidos colaboraram nesta vergonha. São tão responsáveis pela nacionalização PCP e BE como o PS ou PSD , já agora de referir que foi o PSD de Ferreira Leite e não o de Passos Coelho!.
    Estranha-se de facto tanta indignação. Porque não deixaram cair o banco? Por que não foi à falência? Ou será que o PC e o BE também terão a distinta lata , como Sócrates teve há 15 dias, de dizer que nem sabiam o que era aquilo? Duvido, pois desde 2001 que vários artigos ee reportagens em jornais e revistas já vinham falando do assunto. Fica assim aminha estranheza sobre a vossa indignação.

    • De diz:

      Factos são factos e m.almeida deve revê-los, já que demonstra uma total ignorância dos factos:
      ” o PCP votou contra a «nacionalização de todas as acções representativas do capital social do BPN» (n.º 2 do artigo 2.º da lei de «nacionalização» do BPN, a Lei 62-A/2008). Se é verdade que todos os partidos, à excepção do PS, votaram na globalidade – embora por razões diversas – contra a Lei 62-A/2008, é também verdade absoluta que só o PCP e «Os Verdes» votaram contra a norma que determina de facto a nacionalização do BPN. E para que conste, quem votou a favor da norma que nacionalizou «todas as acções representativas do capital social do BPN», foi o PS e o BE, tendo o PSD e o CDS optado pela abstenção. ”

      A partir do minuto e 20 segundos deste video:

Os comentários estão fechados.