Onda vermelha a crescer em quase todo o lado. Preparemo-nos para Outubro. Mas hoje, cantemos o nosso Alentejo

Anúncios
Esta entrada foi publicada em 5dias. ligação permanente.

10 respostas a Onda vermelha a crescer em quase todo o lado. Preparemo-nos para Outubro. Mas hoje, cantemos o nosso Alentejo

  1. Ainda é preciso continuar a mexer, agitar, e por a malta na rua, e exigir, lutar…

  2. Herberto diz:

    Parabéns pelo trabalho, Tiago. Valeram os textos publicados. Valerá a pena cantar o Alentejo. Ao que parece, temos novamente o país dividido em norte e sul.

  3. José Sequeira diz:

    Sinto-me satisfeito por ter contribuído com o meu voto para o crescimento do PCP em Lisboa. Infelizmente não foi suficiente para retirar a maioria absoluta ao Costa. Os meus parabéns aos que trabalharam para esse resultado.

    • Herberto diz:

      Sem ressentimentos e sem hipocrisias, o José Sequeira também está de parabéns. Valeu ou não valeu votar, desta vez? Um abraço

      • José Sequeira diz:

        Caro Herberto
        Com a minha idade já tenho poucas ilusões. Veremos se valeu a pena e se não vai ser tudo perdido no voto útil das legislativas.
        Cumprimentos.

  4. JgMenos diz:

    Vamso a ver essa força revolucionária e criativa a manifestar-se em cooperativas ou em tachos autárquicos?
    As minhas expectativas vão todas para a segunda acção ‘revolucionária’!

  5. m. diz:

    Também fiquei contente com os resultados da CDU. Como mudei de Partido estive especialmente atenta, não à televisão mas à net.

    A única coisa que me preocupa em Évora é que as minhas sobrinhas têm terras que no 25 de Abril foram ocupadas e fizeram parte da Reforma Agrária. O pai delas é um excelente agricultor. Homem sério e muito trabalhador. Reformou-se agora do Estado porque o queriam manter nos gabinetes. Fartou-se. Não explora absolutamente ninguém, andou e anda sempre com as mãos na terra. Literalmente.

    Quando chegar a altura das expropriações (Reforma Agrária) por parte do PCP – essa altura há-de chegar, é apenas uma questão de tempo, leve o tempo que levar -, espero que não lhe toque a ele e, pelo contrário, a todos aqueles que aldrabaram e aldrabam as contas todas para receber uns fundos comunitários agrícolas sem produzirem absolutamente nada.

    • JgMenos diz:

      Oh! inocência! Oh! Ignorância!
      As sobrinhas deverão ser aliviadas desse corrupção insidiosa que é a propriedade!
      Lá poderá trabalhar o pai seguramente, mas na terra libertada!
      Procure esclarecimentos adicionais no centro de trabalho mais próximo de sua casa.

Os comentários estão fechados.