Vira o disco, ainda está na tua mão não deixar tocar o mesmo

PSD e CDS partilham tresleituras sobre o carácter local e intransmissível das eleições de Domingo. O PS ufana-se sobre qual das facções sairá mais forte. Eles contam com o teu voto e, se não gostas deles, com a tua abstenção. Um e outro permitir-lhes-á que a banda siga a tocar a mesma música.
Eu quero pregar-lhes um susto. Quero que o resultado das eleições assuste a troika e os especuladores. Em cada freguesia, em cada câmara, quero eleger quem lhes possa fazer frente. Quem os possa assustar.
Não quero a minha vida antiga de volta, mas quero olhar para o lado e ver pessoas sem medo do futuro. Tomar as ruas dá-nos força e esperança. Não tenho dúvidas que só na rua e pela acção do povo é que se conseguirá derrubar o sistema que nos destrói as vidas. Contudo as eleições ainda são um instrumento poderosíssimo para o abanar. Voto CDU e votaria com quantos votos tivesse, em cada um dos concelhos e freguesias deste país.
Esta é a minha, a nossa, gente.

Anúncios
Esta entrada foi publicada em 5dias. ligação permanente.

20 respostas a Vira o disco, ainda está na tua mão não deixar tocar o mesmo

  1. Vanessa diz:

    Eu decidi votar no Semedo e na Ana Drago, vou votar no Bloco de Esquerda

  2. José Sequeira diz:

    Vai ser apenas a segunda vez (a primeira foi em Carlos Carvalhas quando a alternativa era Soares vs Basílio) que vou votar no PCP. Não me está a custar nada fazê-lo. Apenas temo vir a ser enganado pelos habituais votantes desse partido que, poderão atraiçoá-lo votando no Costa,no Pizarro ou no Vítor qualquer coisa de Braga, apenas com a ideia de “derrotar a direita”. Já assim foi nas últimas autárquicas em Lisboa.

  3. Dezperado diz:

    “Eu quero pregar-lhes um susto. Quero que o resultado das eleições assuste a troika e os especuladores. Em cada freguesia, em cada câmara, quero eleger quem lhes possa fazer frente. Quem os possa assustar.”

    Como se a CDU assusta-se alguem……bom post, cheio de humor.

    • JP diz:

      Epá e escrever em português correcto, consegues?
      “assusta-se” ou “assustasse”

      Enfim, votasses tu na CDU e estas coisas não te aconteciam.

    • Rocha diz:

      Sabe o dezperado que a seguir ao susto vem a pancada. Por isso ri-se enquanto ainda tem dentes. No dia seguinte às eleições a guerra continua até à derrota final das Troikas nacional e estrangeira.

      • Dezperado diz:

        ò Rocha, essa lenga lenga ja dura ha quanto tempo??? 1, 2 anos???? No dia a seguir às eleições terá é de procurar pelos votos da CDU, visto serem tão poucos.

    • João diz:

      é como o seu português: é tão mau que quase se entende rigorosamente o contrário do que quer dizer.

    • De diz:

      Sejamos claros.
      O problema não é o português de desperado.
      O problema é mais fundo e mais torpe. Independentemente do posicionamento político-ideológico daquele, o problema é também outro.
      O problema passa directamente pelo “carácter” de desperado. Ou pela sua falta

      Ele sabe do que falo, Outros o saberão também

  4. Herberto diz:

    Dou aqui os meus parabéns ao Sr. José Sequeira por votar na CDU. É o primeiro exemplo que vejo de ex-votante no CDS-PP que muda o voto para a CDU. Julgo que não irá perder nada em fazê-lo. Através desse pequeno, mas grande gesto, estará guardada uma boa surpresa para a semana que vem ou talvez o mês de Outubro. Um abraço sincero.

  5. m. diz:

    Pela primeira vez vou votar no PCP.

    Conheço bastantes pessoas que também o vão fazer.

    Tenho uma amiga minha cujo pai foi morto pela PIDE, um assunto muito complicado.
    Ela fogia e foge da política a sete pés. Mas tenho falado com ela e também vai votar no PCP porque diz que isto assim não pode ser. Não quer outra vez cá o fascismo.

  6. Zé T. diz:

    ———- Declaração de interesses e intenções: ————
    Em 2013, Votarei (em Lisboa) :

    Câmara : PS+…
    Assemb.Municipal: BE
    Assemb.Freguesia : CDU

    —— Noutras eleições (autárquicas, nacionais, europeias, … poderá ser igual ou diferente) ———–
    Até poderia votar:
    peq. partidos de Centro Esquerda ou movim. de Independentes.
    __________
    NÃO voto :
    CDS/PP + PSD
    PSD (excepto alguma Freg. interior)
    ——————
    NUNCA votarei : partidos/ movim. extrema Direita
    —————-
    Abstenção, branco ou Nulo :
    – Não recomendo, nem ponho tal hipótese,
    Enquanto tiver saúde, mobilidade e direito a votar,
    – Votarei nem seja dando o benefício da dúvida a um novo ou pequeno Partido ou movimento (desde que não seja de extrema direita),
    – ou apresentarei a minha própria Lista candidata.

  7. JgMenos diz:

    Pela n_ésima vez não vou votar na CDU.
    1º porque é comuna
    2º porque nem como comuna quer aparecer, o que a desqualifica como gente de bem

    • De diz:

      Menos está equivocado – mais uma vez
      Menos não gosta de comunas.Gosta do salazarismo porque segundo ele foi apenas “anti-comuna”.
      Menos também é um dos poucos que conheço,tirando um boçal américo tomaz, que considerou a “primeira parte do fascismo” como “progressivo”.
      É forte confessemos

      Mas a menos não lhe basta isto.Fala em “pessoas de bem” .Quem assim fala.é alguém que chora pelo relvas ou por machete ou pelo seu amado portas, enquanto rebenta, qual abcesso purulento em expansão, com o ódio que tem a quem trabalha.

      Pelo meio grita hossanas aos credores spbretudo se eles entoam o “deutschland uber alles”

      É este tipo que fala em “pessoas de bem”?
      Mas a quem quer enganar esta coisa?Já toda a gente sabe onde estão os comunas.Era desnecessário este bafo de menos a tentar fazer passar os estereotilpos cobardes e postulosos da corja que admira e bajula

    • Caxineiro diz:

      epah
      até nisto és burrinho. Dizias que ías votar CDU e era ver o pessoal a correr todo pra direita só para fugir de ti
      não mereces o dinheiro que te pagam, tótó

    • Herberto diz:

      Por isso, o seu nome é JgMenos, porque caso votasse na CDU seria JgMais.

      Por último, para quem escreve um blog marxista-leninista chamado “A Chispa”, essa de usar o nome “comuna” para descrever a CDU é qualquer coisa de extraordinário.

Os comentários estão fechados.