Eu também sou Raquel Freire

Não acredito no binarismo de género. Sou feminista, sou activista, sou artista, sou do amor, sou da revolta, sou uma radical do amor. Sou precária, sou queer, sou trans, sou mestiça, sou árabe, sou cigana, sou palestiniana, sou fufa, sou velha, sou paneleira, sou pansexual, sou menor. Gosto de ter muitas identidades. Salva-me dos preconceitos.

A Raquel Freire é uma das raras pessoas que dão sentido ao momento histórico esquizofrénico em que vivemos. A sua coragem contagia. O seu génio inspira. O seu amor apaixona-me.

Trans Iberic Love, leiam e sejam mais livres!

10203_10200666090867163_798019682_n

Anúncios

Sobre João Labrincha

Agora escrevo no Botequim.info em http://botequim.info/author/jl4br1nch4/
Esta entrada foi publicada em 5dias. ligação permanente.

3 respostas a Eu também sou Raquel Freire

  1. Bolota diz:

    Que maravilha soube-me bem ouvir

Os comentários estão fechados.