Paralelipípedo de Esquerda

título alternativo: Se estás perdidx não peças indicações a quem não se encontra

Imagem

Mas afinal qual é a ideia que se quer transmitir quando se coloca uma placa destas na entrada de uma rotunda? Eu já vi duas assim, para além da que está na foto. Num dos locais confundiu-me. E estou certo de que muitas pessoas, pelo menos as estrangeiras, pensarão duas vezes antes de decidir para onde virar (as inglesas, por exemplo)!

A mensagem política que me querem transmitir será…
“Vira à esquerda e sê bué radical porque é bué nice andar em contra-mão e o pessoal lá do teu bairro vai achar que és x maior, chavalx?”
Ou pior,
“Vira à esquerda porque a revolução não se faz sem mortos e assim começas já a inaugurar as estatísticas?”

Mas depois penso que fazer a revolução seria o oposto da actual linha política do BE… Mas, mas, mas… Às tantas, hoje em dia, a coerência para o BE está em ser incoerente: depois de meter a revolução na gaveta e de se virar para o socialismo faz um cartaz ao melhor estilo do MRPP: “Tudo o que foi roubado deve ser devolvido” e agora ainda me querem fazer virar à esquerda nas rotundas? Mas pagam-me o arranjo do carro? Oferecerão Ferraris a toda a gente como o Manuel João Vieira, Candidato?

Será algum apelo de solidariedade do tipo “estampem-se como o BE se estampou nas últimas eleições e assim seremos muitxs?

Agora a sério? Qual é a ideia? Quem deu indicações para que as placas fossem postas à entrada de rotundas? Ou será que se esqueceram de avisar que não era para colocar nestes locais?

Alguém dá por aí um abanão ao pessoal da comunicação do BE a ver se acordam? É que, de argolada em argolada, enche a direita o papo!

Anúncios

Sobre João Labrincha

Agora escrevo no Botequim.info em http://botequim.info/author/jl4br1nch4/
Esta entrada foi publicada em 5dias com as etiquetas , . ligação permanente.

21 respostas a Paralelipípedo de Esquerda

  1. Harmódio diz:

    Existe pessoal de comunicação no BE? O mesmo sinceramente poderia ser dito de outros partidos… não há mesmo ninguém qualificado sobre propaganda?

  2. Carlos Serra diz:

    Não entendi essa do MRPP…?

  3. a referência ao MRPP resulta de uma noção infantilóide da politica. Em vez de criticar os programas dos dois partidos – o MRPP advoga o não pagamento da Dívida como odiosa tendo em vista o Socialismo, o Bloco dito de Esquerda propõem-se “reestruturar” essa Divida para salvar um Capitalismo “bom” (como se tal coisa existisse) – o autor do post diverte-se a glosar o grafismo de cartazes sobre abstrações. É mesmo coisa dxs chavalxs das manifs sem projecto politico

  4. Carlos Guedes diz:

    Fica-te bem esta tentativa de tentar apanhar o barco. Mas olha que o Renato Teixeira já zarpou há algum tempo… sinceramente, que pedantismo! Somos um país de gente estúpida que não distingue um cartaz de propaganda política dum sinal de trânsito, é o que o João Labrincha nos quer dizer. E o próprio até admite ter-se confundido!

    • Fusca diz:

      Carlos, abandonaste o 5dias para agora seres comentador de bancada? Hehe, já não se podem fazer criticas ao Bloco de Esquerda? Qualquer dia também querem que o Estado intervenha nas opiniões dos cidadãos.

      Só te fica mal estares aqui a dar uma de vítima. Ainda por cima, bem que podem justificar este «tesourinho» mas a verdade é que não faz sentido estar colocado naquele local, visto que nem é assim tão perceptível para quem passa a pé.

      Má ideia, essa do bastão intelectual.

  5. Carlos Guedes diz:

    Sugiro ainda outro título alternativo: Calhau com dois olhos.
    É mais intimista.

  6. Tima diz:

    Ena mais um a cascar no Bloco de Esquerda!
    Já entendi o nome do blogue! 5 Dias por semana a malhar no BE, o verdadeiro inimigo do PCP!

    • Pina diz:

      Não consta que o Labrincha tenha alguma ligação ao PCP. Aliás, só alguém muito primitivo é que não percebe que não é preciso ser do PCP para criticar seja que partido for. Deve ser moda usar os comunistas como bode expiatório para tudo. Também vai esgrimir que foi o PCP que «encomendou» esta posta? HAHA! Que obsessão sectária dos simpatizantes bloquistas.

      E ainda dizem que os comunas é que são estalinistas… vejo mais tiques de autoritarismo para outros lados – no BE – o lado onde não há lugar para critica, só podem ser os bloquistas a criticar, e se alguém critica o Bloco é calhau com olhos ou comuna!

      É por estas e por outras que o BE está a desaparecer: não consegue ar resposta, não é alternativa a nada e resigna-se a ser uma réplica mal feita de algo que não consegue ser.

      Abraço!

  7. Filipe diz:

    João, isto já me parecem os moinhos de vento que o Quixote tanto insistia em gladiar. Não pode ser apenas um cartaz, por si só? Ou, num rasgo metafórico, virar contra a mão contra a maioria? mais do que isso..são moinhos de vento. Digo eu. Abraço, pistolas.

  8. Herberto diz:

    Meter um cartaz destes junto a um rotunda, pode significar o seguinte: como governar em sentido PS e PSD é como conduzir numa rotunda (em círculo), o melhor que temos a fazer é “virar à esquerda”.

  9. Pingback: Bloco de Esquerda, esses ciganos | cinco dias

  10. triste.. diz:

    o BE “meteu a revolução na gaveta e virou-se para o socialismo”?? há uma coisa.. espera, não me lembro do nome.. era.. como é que era?!:: AHHH! LEITURA! ERA ISSO!

  11. João Labrincha diz:

    A minha questão com estas placas/cartazes é só uma: estar-se a perpetuar um preconceito que muita gente tem relativamente à esquerda – “se forem governo levam-nos ao desastre, vai ser o caos, com muitas mortes e feridos e o camandro”…
    Uma boa campanha de comunicação evitaria tal gafe.

  12. Tima diz:

    Labrincha! Portanto, o BE contratava uma agência de comunicação assim capitalista burguesa tipo uma LPM por exemplo? Ou quem sabe recuperar o Athayde não?

    • caxineiro diz:

      Tima, o Bloco gasta tanta guita em propaganda e não podia pôr o cartaz num sitio mais visível para todos? Vá a matosinhos ver pelos seus próprios olhos e depois passe cá a contar a anedota 😉

  13. apontador de tachos diz:

    tu querias era tacho. e como não te deram, o problema é o sítio onde colocaram os cartazes…

  14. andrelara diz:

    Móss Tima, não tem o Bloco malta inteligente para fazer a comunicação de uma campanha? Que puxem pelos miolos? Ou a alternativa é uma cópia do mesmo ?
    Apesar de achar que estas coisas são “fait divers” o que é certo é que fotografias que não são das terras, blogues xenófobos e virar à esquerda em rotundas, vão desviando o cerne da questão para a anedota (em Faro, o PS ainda pensou em “virar à direita” para quem sai do Aeroporto..para que conheçam a cidade e não vão direto à estufa de turistas que temos à esquerda do aeroporto…mas esses pelo menos pensaram e depois…não escreveram 😉 )

    • Tima diz:

      Ó andrelara e caxineiro e outros que tais! Sinceramente e sendo o mais frontal e sincero possível: mas que tesão dá vir a um blogue que se diz de esquerda e que passa a vida a atacar o Bloco de Esquerda? Percorram as dezenas e dezenas de postas que eu já percorri neste blogue e contam-se pelos dedos de uma mão e sobram os ataques ao CDS ou ao PSD! Mas que merda! É o Bloco por acaso responsável por 39 anos de governação em Portugal? PORRA PÁ!!! Já chega de tanto sectarismo cobarde e desleal.

  15. Tima diz:

    Então Labrincha?! De lápis azul na mão?! Então eu reformulo.
    Ó andrelara e caxineiro e outros que tais! Sinceramente e sendo o mais frontal e sincero possível: mas que gosto dá vir a um blogue que se diz de esquerda e que passa a vida a atacar o Bloco de Esquerda? Percorram as dezenas e dezenas de postas que eu já percorri neste blogue e contam-se pelos dedos de uma mão e sobram os ataques ao CDS ou ao PSD! Mas que coisa! É o Bloco por acaso responsável por 39 anos de governação em Portugal? Possas pá!!! Já chega de tanto sectarismo cobarde e desleal.

    p.s. Está melhor assim? Menos censurável? Ou recorrer a linguagem Du Bocage afecta o conteúdo?

    • João Labrincha diz:

      Como podes ver o teu comentário anterior não foi censurado. Apenas não tive tempo para vir fazer a aprovação de comentários, desde a altura em que o publicaste.

  16. José Sintra diz:

    O João prefere ações à frente do Parlamento, com 4 tipos a saltar dentro de um saquinho. A memória é mesmo uma arma.

Os comentários estão fechados.