O Renato, parte II

Image

O Renato acha que a Adriana Xavier não tem direito a ser candidata pelo Bloco de Esquerda. Ou acha que o Bloco de Esquerda não tem direito a candidatar a Adriana Xavier. O Renato acha que as mulheres não tem o direito de se sentirem assediadas por um piropo. O Renato acha que o BE não tem o direito de debater o piropo enquanto assédio. 

O Renato não é maluco nem está baralhado. A sua única doença é a infantilidade do seu esquerdismo. O Renato acha normal escrever  8 posts sobre o piropo, perfazendo um total de 11 posts a criticar o BE nos últimos 21 de sua autoria.  Ao Renato não lhe falta sentido táctico ou bom senso. Falta-lhe linha política.

O Renato é apenas o expoente de uma metáfora. Muitas são as pessoas politicamente críticas de tudo e de mais alguma coisa e que não conseguem fazer melhor do que aquilo que criticam. Nem melhores partidos, nem melhores movimentos, nem melhores manifestações. Pior do que não conseguirem é nem sequer tentarem, ou desistirem quando surgem as primeiras dificuldades. Ou ainda pior do que isso tudo, não aceitarem que as sua propostas sejam derrotadas.

O Renato não terá capacidade, obviamente, para fazer grande mossa no BE através dos seus posts no 5dias. Mas irá continuar a dedicar-nos muitas linhas, com certeza.

Como militante do Bloco de Esquerda, não tenho concordado com a sua direcção política. Penso que cometeu erros. Tenho a certeza que irá continuar a cometê-los. Irei criticá-la quando achar pertinente e apoiá-la quando for necessário e justo. Continuarei a organizar-me com os meus camaradas para construir propostas que façam do Bloco de Esquerda um partido melhor. Ganharemos umas, perderemos outras. Disputaremos.

O que não continuarei a fazer é perder mais um minuto que seja com o Renato. Nem com nada que sirva para lhe alimentar o ressabianço anti-BE, como continuar a escrever para este blog. 

Anúncios
Esta entrada foi publicada em 5dias. ligação permanente.

39 respostas a O Renato, parte II

  1. Tima diz:

    A ver se eu entendi bem! Mais uma pessoa que esse Renato purga deste blogue? Vais deixar também de escrever aqui devido àquele desonesto, ressabiado e desleal escrevinhador?
    Então mas há um gajo a purgar bloquistas aqui à laia de Beria estlinista e o resto está tudo calado a assistir na bancada? Quantos mais terão de sair até se enfrentar o verdadeiro cancro deste blogue?

    • alexmgomes diz:

      Em abono da verdade eu purguei-me a mim próprio. Pelos outros autores não posso falar.

      • Não está mal Alex. Cerca de metade – mesmo da tua amostra – ainda assim não foi a bater no BE – embora ache estranho que consideres “bater” algo que pelos vistos defendes que assim seja, pelo menos relativamente ao piropo e à Adriana.

        Em todo o caso devias reparar na tua estatística. https://5dias.wordpress.com/author/alexmgomes/
        Em 10 posts dois foi a malhar no PS (esse que o BE diz que vai garantir uma derrota estrondosa da direita nas autárquicas em Lisboa) três no esquerdismo, um no Francisco Louçã e dois a defender a politica do BE sobre o piropo e dois mais ou menos na direita.

        Ainda assim devo dizer que, como no caso do Carlos Guedes, lamento que desistam de apresentar argumentos.

        Espero que a transformação da sociedade corra melhor do que vos tem corrido.

        Abraço.

      • Tima diz:

        Ó alex! Isto é um pratinho cheio de “orgulho glorioso” que estás a dar a esse tal renato. É disso que ele vive e tu e o Guedes estão a dar-lhe lenha para ele arder ainda mais no ódio que debita!

    • N diz:

      Gostava de sugerir (pedir encarecidamente) a algum leitor deste blog que sofra da mesma irritação perante os posts do Renato Teixeira (porque é difícil evitar ver os títulos e as imagens, ainda que evite continuar a ler os “textos”) e que seja entendido da web, que crie um filtro que permita aceder ao 5dias sem ter de passar os olhos pela coluna sensacionalista.

  2. Rui Marçal diz:

    Sim, porque o BE tem uma linha política bem definida…

  3. Nuno Cardoso da Silva diz:

    É com certeza com os adeptos do PCP a baterem no BE, os adeptos do BE a baterem no PCP, e com ambos a baterem nos adeptos do MRPP e nos libertários de esquerda, que se conseguirá derrotar a direita e conseguirá um governo de esquerda em Portugal. O que é realmente importante é saber se os ovos cozidos devem ser cortados pelo lado mais grosso ou pelo lado mais fino, como Jonathan Swift revelou na sua descrição dos habitantes de Lilliput e de Blefuscu… Muito se deve divertir a oligarquia portuguesa com a nossa total impotência e estrutural burrice!… Talvez não nos reste outro caminho que não seja a emigração, para bem longe…

    • JS diz:

      Excelente. É isso mesmo. E há tanto tempo que muita gente diz isso. Ó moços deixem-se disso, não vêm que esta gajada está a destruir o país enquanto nós vamos ao baú buscar as coisinhas (que temos todos, certamente) que nos incomodaram em certa altura do nosso crescimento político. Malta vamo-nos (a sério) deixar disso.

  4. Augusto diz:

    Tenho dúvidas que esta seja a melhor opção,

    O Renato é uma pulga, pica, mas não causa mossa.

    Perigosos são os lacraus, militantes de um partido dito de esquerda, que em campanha organizada, e cumprindo orientações superiores, diariamente tentam denegrir, o BE.

    A sua saída é um favor e essa gente, e não ao Renato.

  5. JP diz:

    Epá e rebater o que ele diz? Só porque é contra o BE já não se pode falar? Acha que a fuga massiva de eleitores se deve só a estalinismo e ressabiamento?

    Porque razão se assiste a um reforço do PCP e do PS e a um decréscimo do BE? Isto não vos merece reflexão?

    O Sá Fernandes foi ou não foi um tiro no pé? E Elvas, e o Alegre, e o Rui Tavares e o “namoro” com o PS? O que é hoje o BE?

    Já o disse e repito: Sem as “causas fraturantes” o BE – hoje – não passa de uma versão hipster do PS. E acho que quem lá está também já percebeu isso…

  6. Anónimo diz:

    estou muuito mais proximo do BE do que do PC, julgo, mas esta vitimização constante dos bloquistas deixa-me fora de mim.
    não aguentam o calor, toca a bazar da cozinha!
    que meninos…

  7. Tima diz:

    O aumento fugaz nas intenções de voto do PCP já é uma arma de arremesso contra o Bloco? Então mas agora as sondagens já ganham eleições? E acham mesmo que os cerca de 6% do BE vão para o PCP que alimenta estas guerras para antagonizar o Bloco? O PCP está e estará orgulhosamente só! Ou melhor, têm os Verdes a segurar uma coligação de fachada. E do papel de quem ataca aqui diariamente no blogue o que dizer? E destas purgas que estão a ser levadas a cabo aqui à laia de Estaline? Mas agora neste blogue TUDO é válido para atacar o Bloco? Estão a esse nível? Os gajos de direita que lêem este blogue devem a andar a rir-se a bandeiras despregadas com um Beria aqui à solta a fazer o trabalho sujo de deixar este blogue só com marxistas/leninistas/estalinistas no mais puro estado ideológico! Haja paciência!

    • João diz:

      O Renato era militante do Bloco de Esquerda, e foi militante desse Partido durante 10 anos. Sei que o Bloco tem um complexo de inferioridade para com o PCP, mas não é bonito andar a acusar o PCP de alimentar guerras contra o Bloco, quando nada têm a ver.
      No PCP quando há críticas trata-se do assunto internamente. Não vamos chorar para o meio da praça. Resolvam os vossos problemas pá, não finjam que eles não existem ou que foram criados pelos outros.

      • Fusca diz:

        «finalmente alguém teve uma ideia inteligente».

        Subscrevo, João!

      • Tima diz:

        Nada pior que um traidor de Esquerda…
        Sabe que o Bloco tem um complexo de inferioridade? Isso já é do foro psiquiátrico agora? Mais uma carreira perdida na ciência psicanalista…
        De facto o PCP trata tudo internamente. Chama-se purga… Os vossos problemas resolvem sem lágrimas. É mesmo ao pontapé dali para fora. Mas ainda assim conto com a CDU para derrotar a direita. O pior é que a CDU anda mais interessada em nem sequer dialogar à esquerda. Prioridades marxistas pá!

        • Carlos Carapeto diz:

          “O pior é que a CDU anda mais interessada em nem sequer dialogar à esquerda. Prioridades marxistas pá!”

          Quando, onde e quem no PCP fez essa malandrice? À falta da verdade constrói-se a mentira tosca!

          • Tima diz:

            O BE propôs uma reunião e ela aconteceu. Depois disso onde veio a réplica ao convite por parte do PCP?
            E com estas conversas laterais mais um bloguista do BE é afastado de um blogue PRO-PCP e está tudo bem… Afinal se calhar a linha de acção do PCP e dos adeptos deles por aqui passa por isso mesmo. Afastar o Bloco do centro das atenções. Andam a vibrar com os 13% nas sondagens não é? Pode ser que vos saia o tiro pela culatra. Mas lá está: o PCP nunca perdeu uma noite eleitoral…

          • miguel cunha diz:

            Ó Tima, atina! Então ainda em julho de 2013 o PCP fez um convite ao BE para se encontrarem. Mais, apesar de ser o PCP a convidar, foi a sua delegação que se deslocou à sede do BE e não o contrário. E depois é o PCP que é sectário e é a CDU que nem sequer quer dialogar à esquerda.
            É o que dá escrever a primeira parvoíce que vem à cabeça (“O BE propôs uma reunião e ela aconteceu. Depois disso onde veio a réplica ao convite por parte do PCP?) para justificar uma afirmação falsa sem pés nem cabeça (“O pior é que a CDU anda mais interessada em nem sequer dialogar à esquerda.”)!

  8. Augustol diz:

    JP, o comentário é mesmo seu, ou acaba de o receber da sua célula.

    Quem é que se vitimiza, será porque dois comentadores decidiram sair desta xafarica isso tem algo a ver com vitimização.

    Aliás o que torna este blogue engraçado, é ele ser há muito tempo uma especie de caixa de ressonância de um partido, em que se podem escrever barbaridades contra o Bloco de Esquerda, sem que elas possam ser assacadas aos seus VERDADEIROS autores.

    O debate nas esquerdas, existe e existirá sempre, a esquerda é plural, e é um erro pensar, que o que se escreve aqui ou em qualquer outro blogue, seja por encomenda, ou seja realmente uma opinião pessoal, isso vá ter eco, para além dos leitores habituais deste ou de outros blogues.

    A luta faz-se lá fora no dia a dia, aqui esgrimem-se argumentos, melhor ou pior, sejam eles a opinião pessoal do comentador, ou a encomenda de um partido.

    As redes sociais têm os seus limites.

    .

    • JP diz:

      Caro Augusto, tem algum argumento para juntar à discussão?
      É capaz de largar a braguilha do PCP (que obsessão meu deus) e debater o assunto em cima da mesa?

      Quanto ao resto da argumentação (por assim dizer), desculpe mas prefiro debater com pessoas cujo QI seja superior ao da temperatura da sala…

      Passe bem.

  9. Don Luka diz:

    Bloco e Esquerda, é aquele agrupamento que apoiou Alegre, quase foi votado ao desaparecimento eleitoral por causa disso, mas não aprendeu a lição, e agora luta pela nulidade insistindo em coligar-se com o partido de Sócrates?

    Nâo há umas cabeças de peixe que possam dar a essa gente?

    • alexmgomes diz:

      Estás a oferecer a tua?

    • Augustol diz:

      Por coligações , aquelas que até agora existiram foram as de VODKA com LARANJA.

      O PCP de braço dado com o Rui Rio, e agora se calhar com o Menezes.

      Ou a servir de bengala ao Seara em Sintra.

      E de mais não escrevo, senão ainda dizem que eu tenho um complexo de inferioridade com o PCP.

      Cruzes canhoto.

      PS E como já li algures , o que o Bloco de Esquerda vai ter de incentivar, é a criação de clubes de fãs aos seus candidatos autarquicos, e para isso sim , precisa do experiente conselho do PCP.

  10. Fusca diz:

    Alex, em tão pouco tempo conseguiste a proeza de escrever dois posts miseráveis. Se te irritam assim tanto as posições do Renato, porque as justificas? Porque te dedicas tanto a explicar aquilo que o Renato pensa? Não dá simplesmente para ignorar e dizer alguma coisa que de facto interesse a alguém, quiçá, do ponto de vista do BE? É que se de todas as vezes vêm para aqui explicar o que esta ou aquela pessoa pensa… mostra que o Bloco consegue dar sumo! A silly season já deveria ter acabado.

  11. Augustol diz:

    JP então porque será que eu já li este mesmo comentário seu , noutros dois Blogues, tem assim tanta falta de argumentos, ou está tão formatado que não consegue escrever mais nada..

    João, ninguem está a chorar, e os problemas do BE discutem-se abertamente, o que para si deve ser uma coisa do outro mundo, habituado como deve estar aceitar acriticamente, tudo o lhe vem de cima.

    Por aqui ninguèm ilude os problemas, e é talvez por isso, que este tipo de discussão aparece na Praça Publica, é a vantagem e a desvantagem de um partido com paredes de vidro transparente, que há outros com vidro duplo e bem fosco.

    E não meu caro o BE não tem NENHUM complexo de inferioridade em relação ao PCP, os seus dirigente e militantes , raramente justificam as suas posições com argumentos de ataque ao seu partido.

    Porque será que tannas e tão repetidas vezes , dirigentes e militantes do PCP têm necessidade de se demarcar do BE, e atacarem as suas posições, ainda há dias era por ser anti-democrático, antes era porque fazia o jogo dos patrões, e este comiam-no ao pequeno almoço etc etc etc .

    Afinal meu caro parece que que tem dificuldade em lidar com o Bloco de Esquerda é o seu partido.

    • Fusca diz:

      e tudo começou com a Adriana Xavier… os ”pensadores” do Bloco que aqui escrevem não conseguem largar a mão do PCP 😀 Se o Bloco fez isto ou aquilo mau, o PCP fez muuuito pior!!! Irra, este blogue está a ficar insuportável e brejeiro.

      • Augusto diz:

        Sempre foi insuportável e brejeiro, ou só agora deu por isso.

      • Augusto diz:

        E não não começou com a Adriana Xavier, começou há muito, com a forma, eu diria infantil, como o Renato Teixeira lida ( mal) com a sua saída do Bloco de Esquerda.

        E como a maioria dos comentadores que por aqui passa ligados ao PCP, aproveitam as raivinhas pessoais do Renato, para atirarem achas para a fogueira.

        Têm azar a lenha tem resina, estala, e levam por tabela,

    • JP diz:

      Augustol, recebi agora um fax de Moscovo a dizer que os anos 80 querem a sua paranóia de volta…

      Ó homem você anda toldado pelo PCP. Olhe que há mais JP’s na terra e não é preciso ser génio nenhum para perceber o que está a acontecer ao BE…

      Para si e para os BE’s que aqui vêm; querem discutir o que o Renato referiu com argumentos serios ou preferem ficar a chorar porque os outros meninos não passam a bola?

      Achar que há um “saneamento estalinista” quando são os próprios a sair é mesmo de delírio…

  12. JgMenos diz:

    Infantilidades…

  13. Herberto diz:

    Continuo a achar que não vamos a lado nenhum pelas pequenas questões que nos dividem. Julgo que será pelos valores e princípios que nos uniremos e acabaremos com todas estas pequenas zangas.

  14. De diz:

    Lamento!
    Lamento a saída do autor deste post, bem como da do Carlos Guedes.
    Um abraço a ambos

  15. Rocha diz:

    Eu também lamento a saída do autor deste post e a do Carlos Guedes, penso que esta questão levantada em relação à Adriana Xavier é realmente uma ninharia absurda.

    Só por desconhecimento do que é a realidade dos bairros urbanos até às aldeias isoladas deste país se pode exigir que todas pessoas numa lista eleitoral de um partido de esquerda sejam pessoas ultra-revolucionárias de toda a vida.

  16. renegade diz:

    O renato é um achista que vive da atenção que lhe dão. É assim como o Daniel Oliveira, mas em estatura microscópica.

  17. Carlos Carapeto diz:

    O BE mais parece um saco de gatos sempre engalfinhados uns nos outros.

    Agradecia que aqueles que no BE elegeram o PCP como inimigo principal mostrassem as propostas viáveis e sérias (com sentido prático) que o B E já apresentou de forma a enfrentar a sanha voraz da burguesia contra os direitos dos trabalhadores, na denominada presente crise? Crise é para quem trabalha porque para o capital os lucros continuam a aumentar.

    O grande problema do BE é não ter uma linha ideológica definida. Eles não sabem o tipo de sociedade que pretendem.

  18. Nuno Cardoso da Silva diz:

    “O grande problema do BE é não ter uma linha ideológica definida. Eles não sabem o tipo de sociedade que pretendem.”

    E já alguém – no BE ou no PCP – se preocupou em saber que espécie de sociedade os portugueses – OS PORTUGUESES!!! – querem? Estaremos sempre sujeitos à indiscutível clarividência das várias vanguardas do Povo, que sabem melhor do que nós o que devíamos querer para nosso bem? Se era para sermos tutelados em perpetuidade não valia a pena fazer o 25 de Abril. O Marcelo Caetano e a Acção Nacional Popular serviam perfeitamente para isso…

  19. Herberto diz:

    Homem, “Alexmgomes”, não fique assim. Isto são coisas pequenas. Há que continuar a escrever. Os temas estão aí. É preciso continuar. Venha daí mais um texto ou dois.
    Força!

  20. Tima diz:

    Todos temos telhados de vidro.

    http://www.publico.pt/politica/noticia/artigo-no-avante-reabilita-obra-falsa-e-antisemita-1519260

    Por isso voltemos ao essencial deste texto do Alex. As purgas vão continuar aqui pelo 5 Dias? Parece que sim, a verificar pela piropada que mais uma vez foi repescada pelo habitual sem vergonha do costume.

Os comentários estão fechados.