Matosinhos

Haver poucos debates eleitorais é uma grande vantagem para os candidatos autárquicos do centrão. Numa televisão pejada de entediantes debates políticos entre comentadores, salvo uma ou outra excepção repetindo as mesmas historietas, parece que não há grande interesse em que o povo conheça quem se candidata aos processos democráticos e o que propõe.
Descoberta a agulha em palheiro, estou a assistir a um debate no Porto Canal (não sei se o debate está online porque teria todo o gosto em divulgá-lo) com todos os candidatos ao município de Matosinhos. Os candidatos do PS e do PSD são absolutamente confrangedores. Um filho de Sócrates e marialva da politiquice de nome Parada e que deve deixar Seguro seguro, o outro provocador vazio de ideias para o município à espera que o partido não lhe falhe na hora das próximas nomeações e depois de passar esta maçada das eleições. Mas à cabeça das sondagens ainda aparece o “novo independente” Guilherme Pinto, presidente da Câmara, que se zangou com a respectiva concelhia e que floreia o debate com os seus argumentos de presidente populista (O Dr. que explique lá como é que conseguiu que a obra do “Arq. Siza” começasse no dia a seguir à entrega do projecto? Os empreiteiros já tinham os orçamentos feitos? Foi durante a madrugada que se discutiram os erros e omissões do projecto?).
Não sei se haverá outra autarquia em que um novo candidato revele tanta qualidade sempre com o dado e o argumento certo, como o candidato da CDU à Câmara Municipal de Matosinhos, José Pedro Rodrigues. À verborreia politiqueira dos candidatos nomeados, e perante a fragilidade dos restantes que não refiro, José Pedro Rodrigues responde com uma serenidade olímpica conseguindo colocar as propostas da CDU para a autarquia.
Os vários projectos autárquicos da CDU são, sempre, projectos colectivos que vivem das equipas que o abraçam. Neste caso o projecto autárquico da CDU para Matosinhos encontrou, certamente, um dos seus melhores intérpretes. Oxalá consiga derrubar a muralha do silenciamento.

Anúncios
Esta entrada foi publicada em 5dias. ligação permanente.

9 respostas a Matosinhos

  1. Luis Moreira diz:

    É uma pena o povo de Matozinhos não pensar assim.

  2. Isabel diz:

    Será que vimos o mesmo debate.

    Em que é que o candidato José Rodrigues do PCP se destacou, a não ser na repetição de chavões.

  3. juca diz:

    É, os comunas são sempre os melhores. Já no tempo do Lenine e do Estaline era assim.

  4. Observador das Autárticas diz:

    devemos ter visto um debate diferente. foi confrangedora a participação do rapaz do pcp. não sabia dizer nada…

    • De diz:

      Claro que o olho do observador é bem diferente.É confrangedor o esforço do dito cujo em tentar fazer-se por entendido.Só lhe saem destas ditadas lá dos seus meandros.
      É que já sabemos do que a casa gasta.
      Não é assim “observador”?

  5. Parado diz:

    em matosinhos com guilherme pinto. voto em guilherme pinto é voto útil para dar uma banhado ao chico-esperto parada.

  6. Sousa Franco diz:

    Parada não pode ganhar!!!

  7. Rocha diz:

    Ui, ui olha a brigada do xuxialismo que veio para aqui mostrar o seu nervosismo. Tomem umas pastilhas, porque o José Pedro Rodrigues ainda vos vai causar muitos dissabores. O vosso gamelismo pode estar em perigo por isso aprendam a trabalhar como toda a gente…

Os comentários estão fechados.