Jeremy Irons em Portugal: A suspensão da dívida num único gesto, rude mas óbvio

Esta entrada foi publicada em 5dias. ligação permanente.

7 respostas a Jeremy Irons em Portugal: A suspensão da dívida num único gesto, rude mas óbvio

  1. Rude não, certeiro.

  2. Rhod diz:

    Go Jeremy, maybe they’ll listen to you 🙂

  3. JgMenos diz:

    Blá, Blá, em inglês é tão ….refined?

  4. O que ele diz é ao mesmo tempo novo e óbvio: quem não percebe a estratégia é porque nunca jogou Monopólio…O que eu gostava de apanhar a companhia dos comboios a quem me calhava na Rua Augusta e não conseguia pagar, que fartote! E limpava as águas e a electricidade também, e depois ia por aí fora, as ruas eram todas minhas e chegava a uma altura em que o que os outros jogadores queriam mais que tudo era ir parar a prisão…Bons tempos! 🙂

  5. Pedro diz:

    ESTOU CHEIO DE INVEJA – DEVIA TER PENSADO (HÁ AN0S E ANOS) NESTA RELAÇÃO TÃO ESTREITA DO MONOPÓLIO E DA ESTRATÉGIA DE ACUMULAR RIQUEZAS E SOBRETUDO FAZER PAGAR AOS “OUTROS ” O USUSFRUTO DOS TEUS BIENS.
    pARABÉNS PELA ANALOGIA.~ Pedro

Os comentários estão fechados.