Bandeira de Portugal censurada no Edifício Axa

“… a história continuou e hoje, 26 de Abril, retirei a minha instalação, que não vai poder inaugurar em conjunto com as outras exposições no projecto 1ª Avenida”, escreveu no seu mural. Segundo foi possível apurar, o artista terá retirado a totalidade do seu trabalho sob pena de prejudicar os trabalhos dos restantes artistas instalados no piso 3 do edifício que seria encerrado no caso de o projecto da bandeira não “cair”.

No dia 26 de Abril, a Câmara Municipal do Porto retira um projecto artistico de um espaço expositivo seu devido ao carácter marcadamente politico e critico. Sintomático, extremamente simbólico (foi no dia 26 de Abril) mas não surpreendente…

Esta entrada foi publicada em 5dias. ligação permanente.