Se não devemos, não pagamos. O resgate é um sequestro!

Como diz a Raquel nesta entrevista (a partir dos 15′), “não há nenhum problema com o Estado Social, há um problema com um Governo que quer destruir o Estado Social”. Se não sabem governar deixem os de baixo tomar conta da chafarica. Aos que se apresentam como alternativa propondo o que vai ser implementado – renegociação da dívida – é uma boa altura para celebrarem. Ainda bem que a história não ficará por aqui.

Esta entrada foi publicada em 5dias. ligação permanente.

17 respostas a Se não devemos, não pagamos. O resgate é um sequestro!

  1. Dezperado diz:

    “”não há nenhum problema com o Estado Social”

    claro que não há!!! Alias…..a falencia da segurança social é coisa que só se ouve falar ha dois dias!

    • Mas só há dia e meio é que se ouve falar que essa falência não se deve ao facto do dinheiro dos contribuintes não chegar para essa factura.

      • Dezperado diz:

        Costumo ouvir o Bruno Nogueira na TSF, mas em termos de humor, a Raquel dá 10-0 ao Bruno.

        • Mas onde é que não percebeu? Bem sabemos que a segurança social está falida, mas a razão dessa falência não tem relação com o seu custo directo, amplamente pago por todos nós, mas pelo desvio do dinheiro destinado para ai e que acaba noutros gastos do Estado.

          • Dezperado diz:

            Renato, acho que é mais ao contrário:

            “que as contribuições para a Segurança Social, SS, não são suficientes para pagar as reformas e demais encargos. Segundo as contas do Eurostat, em 2010 as receitas da SS foram 21 mil milhões de euros e as despesas foram 37.7 mil milhões de euros. Todo o défice público de 2010 foi causado directamente pelo buraco das contas da SS.
            Mas os governos foram escondendo o problema transferindo verbas do Orçamento do Estado que iam directamente para dívida pública.
            Assim, sempre que os nossos governantes anunciaram “que a SS teve um saldo positivo de não sei quanto milhões” estão a faltar à verdade pois incluem nas receitas as transferências do OE que são uma decisão política. Se transferirem mais, a SS terá mais lucro e vice-versa.

          • Leia o quem paga o Estado Social. Verá que deixa de dizer tantos disparates.

  2. ~Escreve ai que é até aos 26 minutos.

  3. sustentabilidade diz:

    Já chegaram o Maduro e Guedes para salvar o governo… diz que são o Batman e Robin da burguesia financeira… os malvados depositantes e contribuintes não perdem pela demora…

  4. JgMenos diz:

    A matemática é uma das ciências mais criativas e sempre permite sossegar os espíritos mais inquietos.
    Basta que se lhe adicione o operador lógico: suponha-mos …!

  5. Capitão diz:

    A segurança Socia,l tem sido o pote onde estes tipos que Governam em nome de Merkel (Traidores) se tem banqueteado com dinheiro dos descontos dos trabalhadores.Salazar quando roubou a caixa de previdência à organização dos trabalhadores, também dizia o mesmo que agora dizem estes cipaíos. Com um Governo Patriótico, muitos dos que apregoam a falência do Sistema de Previdência, se calhar, terão que bater com os costados na cadeia, Nos corredores da Segurança Social é um corropio de miudos do CDS em cargos de Chefia. E a Segurança Social está falida? entrguem-na a às organizações de trabalhadores, que não a deixarão ir à falencia

  6. Renato, atenção que o que está para acontecer não é a renegociação da dívida. Isso é o que os comunistas defendem, negociando prazos, montantes e juros. O que está para acontecer não é nada disso, mas sim a imposição de novas condições no pacto de agressão. A favor do “credor” para assegurar a continuidade do esbulho.

Os comentários estão fechados.