Falta de chá, baixo nível e mau gosto

Corre nas redes sociais uma fotografia de Angela Merkel nua. Digamos que em política não vale tudo. Este mundo, o mundo que Merkel e outros ousaram criar – onde se publicita o que é privado e se privatiza o que é público, é um mundo sem limite morais. Numa situação de forças ideal, considerando a miséria e morte que espalhou no mundo, Merkel estaria presa. Mas não nua. E quem não percebe isto não deve fazer política porque a política é arte do que é colectivo e público.  O resto é falta de chá e baixa moral.

Esta entrada foi publicada em 5dias. ligação permanente.

38 respostas a Falta de chá, baixo nível e mau gosto

  1. Bento diz:

    De acordo.
    Estes métodos são da direita . A esquerda deve repugna-los firmemente.

  2. De diz:

    Plenamente de acordo

  3. Bolota diz:

    Raquel,

    Onde está a falta de chá??? Merkel tirou a roupa ou não tirou??? Digo-lhe mais a ser a fotografia dela devia ficar agradecida já que se torna apetecivel coisa que agora…Concordo que tem de haver no mundo limite morais e limites politicos não tem de haver tambem??? Se calhar os morais sem os politicos não fazem sentido como é o caso

  4. Leitor Costumeiro diz:

    Deve ser pra obrigar as crianças a comer a sopa…Ou o pessoal a engolir a austeridade…

  5. ....JOÃO ANTÓNIO VILLELA CABEÇO diz:

    …Não vi a foto nem o Original , sabem ??? Gostava de ver . Podem enviar-me p.f. tá ?? JC »»»»»()»»»»»()»»»»»()»»»

  6. merkel na palyboy diz:

    est@s moralistas de esquerda… um asó imagem grotesca da merkel (e a merkel nua só pode ser grotesca…) fará mais plo avanço da luta social que mil posts aqui no 5 dias!!!

    e peço-lhe encaredecidamente: pode até censurar o cometário, mas não deixe de partilhar o link prá malta se rir da chancelerina

  7. Rocha diz:

    Eu não excluo a hipótese que tenha sido ela mesmo a responsável pela divulgação da foto, como forma de criar um debate estéril ou até mesmo uma vitimização. De facto nos últimos dias vi uma foto bem mais comprometedora em que mostra a convivência da jovem Merkel com jovens neo-nazis.

    O interesse da Merkel é que se fale de tudo menos das suas políticas.

    • Telma diz:

      Mas na ex-RDA havia jovens neo-nazis organizados?

      Ou foi quando ela foi tirar o curso em Moscovo?

      • Telma diz:

        Merkel fez parte das Juventudes Alemãs Livres ( JLA) da ex-RDA

        O equivalente em Portugal da JCP.

        Falar em neo-nazismo neste caso, é no minimo estranho, mas o Rocha lá saberá.

        • Rocha diz:

          Na RDA havia de tudo, desde mercenários da RFA, agentes dos serviços pidescos da Alemanha Ocidental, liberais ingénuos que achavam que o capitalismo é que dá bom nível de vida, punks anarquistas, pseudo esquerdistas rebeldes contra o Partido Comunista e sim, claro que entre os mais destacados grupos “rebeldes” haviam (e muitos) jovens skinheads neo-nazis.

          Naqueles anos anteriores à reunificação e nos anos que se seguiram, os neo-nazis e muitos outros grupos marginais moviam-se bastante à vontade na RDA. Os famosos squats/okupas (de Berlim mas não só) atraíam muita juventude com o denominador comum de serem do contra ou ditos “anti-sistema”, entre eles os neo-nazis.

          A ideia de que na RDA – particularmente no tempo da Perestroika – reinava um Partido Comunista que dominava perfeitamente a dissidência e não deixava ninguém abrir a boca é absolutamente falsa. De facto a RDA dos anos 80 era um regime fraco, debilitado com pouca capacidade de mobilização das massas a seu favor e muito menos repressor da sua dissidência do que a propaganda capitalista diz.

          • Telma diz:

            Baralhar e dar de novo, nada melhor.

            Conclusão óbvia, o Partido Comunista da RDA , não reprimia os neo-nazis, e se calhar as tais juventudes alemães livres, aceitavam de bom grado essa ideologia.

            Realmente seria para rir , se não fosse ridiculo, e os festivais das juventudes comunistas mundiais, organizados e feitos na RDA , em que as Juventudes do PCP participavam , se calhar eram no fundo organizadas por neo-nazis.

          • Rocha diz:

            Parece que a cada vez que eu lhe respondo você inventa coisas que eu não lhe disse.

            No meu primeiro comentário eu nem sequer estava a falar da RDA – desconheço se a foto comprometedora que vi foi tirada antes ou depois da reunificação.

            Depois tentei explicar-lhe em vão que um país não se reduz ao partido que o governa. A RDA em particular. E daí você inventa que eu estaria falar em aceitar ou tolerar grupos de neo-nazis.

            Tenha santa paciência e leia melhor antes de comentar. E já agora antes de dizer mais disparates sobre países socialistas, informe-se melhor sobre a história dos mesmos, Viver num país socialista não é o mesmo que viver numa bolha.

  8. A Merkel deve estar muito preocupada com a foto deve…

  9. Graza diz:

    A luta só tem valor e é credível se tiver ética. Até na guerra ela tem que existir. De outra forma falamos de barbárie, a mesma que combatemos.

  10. xico diz:

    Não sei o que é pior: Colocar uma foto de Merkel nua ou você a pô-la na prisão e acusá-la de espalhar morte e miséria pelo mundo. Realmente em política não devia valer tudo. Se quer começar a encher as prisões com gente que andou espalhar morte e miséria pelo mundo pode começar por limpar os cantos à casa.

    • Pimba diz:

      O pior é ler cu-mentários dos xicos do Mundo, imbecis que não vêm nada à frente dos olhos. Nem quando é a própria família a sofrer.

      • xico diz:

        E ter o Pimba como o inquisidor mor do que está certo ou errado. Já dei para esse peditório, em que o insulto é o argumento. Veja lá não se cegue com tanta luz!

        • Pimba diz:

          Ofendeu-se? Como diz a minha prima, uma pessoa só se ofende com a verdade!
          O seu cu-mentário é um insulto à inteligência de qualquer pessoa.
          Como tal, näo se queixe, que até fui muito lisonjeiro e diplomático, ó energúmeno!

  11. Tiranosaurus Rex diz:

    A foto em questão é perfeitamente inócua, o que todos teriam podido constatar se a Raquel a tivesse mostrado. Provavelmente não é uma foto da Merkel, mas se fosse até era lisonjeira. Mas sobretudo a foto em questão não é ofensiva, não é de mau gosto, e muito menos é pornográfica. Tentar tirar capital político deste fait-divers insignificante é que me parece de gosto duvidoso.

    Para quem quiser ver e verificar se tenho ou não razão:

  12. José Couto Nogueira diz:

    Não podiam faltar as imbecilidades de que mostrar a foto são “métodos de direita” e outras correcções políticas de igual calibre… Quem tem razão é o Tiranosaurus Rex, em toda a linha. Só quero acrescentar que é evidente que a foto foi feita numa colónia de nudismo e quem conhece os alemães sabe como eles gostam de praticar nudismo como forma de vida suadável, em contacto com a natureza – já o faziam antes dos nazis e nunca deixaram de fazê-lo. A única coisa surpreendente na foto é ver como até Merkel em nova tinha um corpo escorreito…

  13. zé luís diz:

    Enfim, mais do mesmo, um facto ou boato e uma estupidez pela esquerda baixa, rasca e reles.
    Ainda vão pensar que a Liberdade na RDA era mesmo assim e bastava isso mesmo assim…
    Resta-me agradecer ao TRex a divulgação das futuras Valquírias caminhando sobre as águas.

  14. Guilherme diz:

    A Raquel começa por falar em “falta de chá, baixo nível e mau gosto” e depois sai-se com esta pérola: “[…] considerando a miséria e morte que espalhou no mundo, Merkel estaria presa.” Hmmm e provas do que diz? Ah pois não existem.

    • A.Silva diz:

      Provas??? A guerra da jugoslávia foi precipitada pelos alemães, os alemães e mais filhos da puta europeus e americanos são responsáveis por milhares de mortos na Libia e na Siria sem esquecer o prestimoso contributo alemão na matança do Afganistão e do Iraque.
      Chega de exemplos, ou prefere um inquérito mais apurado como aqueles que os governos de direita em Portugal costumam realizar?

  15. Pingback: Angela Merkel nua | O Insurgente

  16. Joaquim Amado Lopes diz:

    Acusar Angela Merkel de “espalhar miséria e morte” não é “falta de chá”, “baixa moral” ou “mau gosto”. É expandir os limites da estúpidez.

    • anjinho diz:

      Inteligente,é o dr. relvas!

    • A.Silva diz:

      E os limites da sabujice estão em querer esconder ou ignorar os crimes que os alemães actualmente têm praticado, a começar na ex-jugoslávia, com a sua politica hoje na europa, já para não falar nos países arabes.

    • De diz:

      Parece que umas vestais fazem o frete e o luto embaciado em memória da merkel.
      Não por estar nua ( há até quem lhe elogie a figura,como se tal interessasse, embora se saiba que a hipótese de aldrabice seja por demais provável ) mas sim por alguém ousar escrever aquilo que vai na cabeça de muitos.
      Há quem não goste que digam os nomes aos bois (neste caso é bom usar o masculino). Considerar merkel como co-responsável pelo espalhar da morte e de miséria é algo que faz parte da História.Os crimes desta ( não só dela,atenção) e dos que ela representa e é testa de ferro não podem,infelizmente para os que lhe bebem os Passos e para a coorte neoliberal que a vê como sua boss ideológica, passar impunes
      Que lhes seja desconfortável é uma coisa perfeitamente secundária. O caos social, a miséria, o sofrimento, a morte, a exploração mais abjecta sob as ordens da nova ordem tem em Merkel um dos seus principais protagonistas.
      Percebe-se que os cúmplices de tal situação lhes sofram as dores.Ou por afinidades ideológicas ou tão somente por submissão quase que.
      Nada que não tenhamos visto de resto já noutras ocasiões históricas.

  17. ninissaia diz:

    Deixei aqui um comentário, porque não aparece?

  18. ninissaia diz:

    Estranho, este das 9:18, foi logo exibido, o outro está a aguardar moderação há 2 horas! Não me façam ter maus pensamentos 🙂

  19. Rafael Ortega diz:

    “Numa situação de forças ideal, considerando a miséria e morte que espalhou no mundo, Merkel estaria presa.”

    ai, as saudades dos gulags…

    • Raquel Varela diz:

      Caro,
      Deve estar a confundir-me com alguém, ou estalinista ou liberal. Porque gulags e guantanamos foi coisa que as pessoas como eu nunca defenderam. Merkel estaria numa prisão alemã confortável, por abuso de poder, desvio de fundos públicos para interesses privados, lavagem de dinheiro em offshores e mais uma série de crimes tipificados na lei deste regime.
      Com consideração
      RV

  20. ninissaia diz:

    Desde miúda conheço os alemães a despirem-se mal vejam um chafariz, 8 graus de temperatura e se tiver um bocado de relva melhor. Na ex Jugoslávia tinham o grande atractivo do turismo dos campos de nudistas. A mentalidade deles não se parece nada com a do Mediterrâneo.
    A praia do Meco, numa altura remota, tinha uma zona que foi ocupada por gente do PCP, operários, trabalhadores fabris.
    Então, a tal zona, que era chamada “praia do Avante” era assim: Chapéu de Sol, caotizo amarrado ao chapéu, o homem todo nu e com um boné da bola, ela de biquini, algumas em top less, sentadas numa cadeira, com a caixa termica ao lado a passar-lhe uma perna de frango e uma sagres, sempre que ele grunhia. Se passasse algum amigo,compunham-se todo para os receber.
    Nunca vi gente tão conservadora e moralista como os estalinistas, só mesmo a igreja ortodoxa.

    Ainda não foi publicado, presumo que censurado. Já o republquei 3 vezes, continua a não aparecer e não me dão uma explicação para o facto.

    Os alemães, aparecerem nus, é ” para o lado que dormem melhor”, a cultura é muito diferente. Porque não publicam o meu comentário?
    Fazem censura?

  21. Vitor diz:

    A fotografia não tem nada de anormal. Três jovens nuas numa praia. Descontraidamente nuas, nada mais.

  22. vita diz:

    Andar nu também é uma forma de conceber o mundo e de fazer política,deve-se recordar certamente daqueles miúdos da década de 60 que fumavam erva e andavam nus,como resposta a um governo que vestia os seu jovens com armaduras até aos dentes?é pena que ela já não queira andar nua de de forma livre pela praia em vez de andar cercada de seguranças e gente paranoica a volta dela,porque estas pequenas mudanças da forma de estar tem muita importância e relevo naquilo em que nos torna-mos,é a vida que é feita de pequenos nadas.

  23. Don Luka diz:

    O mundo não tem limites morais, nem caminha para os ter. A política é o paradigma disto mesmo. Mas gostei do post. Não percas o foco, Raquel.

  24. João Duarte diz:

    Claro que a foto foi antes da reunificação alemã. É preciso ter em consideração que milhões de pessoas na RDA praticavam naturismo, com total à vontade. Aliás, uma das críticas que as “wessis” puritanas faziam às “ossis” , depois da reunificação, era que as “ossis” eram umas desavergonhadas, porque andavam nuas, em praias frequentadas por toda a gente (“têxteis” e tudo).

Os comentários estão fechados.