Da falta de vergonha

Relvas passa para a filha a sua última participação empresarial.

Este aldrabão ontem disse na televisão, perante o silêncio dos jornalistas – que apagaram o contraditório da sua labuta -, que não divulgou o Programa Impulso Jovem (um gigante financiamento público aos privados), para não ser «acusado de gastar dinheiro em publicidade e que por isso ninguém o conhece, nem mesmo a filha dele que tem 21 anos» (cito). Eu explico: a petiz não teve impulso para ir ao Estado implorar um salário miserável pago com a reforma e os impostos de quem trabalha, porque a petiz tem o futuro garantido nos efeitos colaterais da lama em que se transformou o regime.

transferir

Esta entrada foi publicada em 5dias. ligação permanente.

Uma resposta a Da falta de vergonha

  1. Pingback: A fábula de Relvas, o pensador, e de Coelho, o tirano | Sentidos Distintos

Os comentários estão fechados.