Porque não há ninguém mais antisemita que Israel

netanyahou_caricature_sunday_times-8da26

‘O Sunday Times publicou no domingo passado este cartoon que não agradou ao regime israelita. O director do jornal pediu desculpa pelo “terrível erro” de ter publicado esta “caricatura antisemita”. Citamos a este respeito a associação francesa CAPJPO-EuroPalestine: “Quase não se pode falar de caricatura e não se pode de todo falar de antisemitismo, pois qual é a relação com os judeus ou o judaismo, que pouco importa ao primeiro-ministro israelita quando se trata, por exemplo, de carregar em botões para lançar bombas de fósforo sobre crianças num sábado, dia do shabat.”‘

Via Comité Palestina.

Esta entrada foi publicada em 5dias. ligação permanente.

3 respostas a Porque não há ninguém mais antisemita que Israel

  1. andrelevy diz:

    Há que porém assinalar porém que em Israel a discussão e crítica às políticas do Estado de Israel é mais “livre” que na imprensa internacional. Enquanto nesta, em particular na imprensa dos EUA, as acusações de anti-semitismo são rápidas e forçosas quando é publicada qualquer opinião crítica da política de Israel, em Israel há maior “aceitação” na comunicação social, por exemplo no jornal Haaretz, de opiniões críticas. Refiro isto não para empolar a liberdade de imprensa em Israel, mas para sublinhar como fora de Israel a crítica ser mais severa e intolerante.

  2. Rocha diz:

    A televisão sic passa propaganda guerra gobbeliana retratando a Irmandade Muçulmana e os grupos salafistas sírios como heróis. No Mali os mesmos radicais islâmicos são para ser caçados como animais num safari e os heróis são quem os mata.

    Israel também ajuda a festa bombardeando a Síria. E Netanyahu recebeu finaciamento do Qatar (um dos regimes que arma os salafistas) para a sua campanha eleitoral.

    O que eu sinto é asco! As ideologias fascistas, genocidas e eugenistas estão mais vivas que nunca. A propaganda gobbeliana está a doutrinar o povo todos os dias.

    • De diz:

      De facto asco é uma palavra adequada a estas alianças entre o fascismo islâmico e o sionismo desbragado. Com a bênção e os cordelinhos manejados por parte do Imperio e dos imperialistas

Os comentários estão fechados.